Menu
Busca Sex, 13 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Fronteira sangrenta

fazendeiro sofre atentado e polícia prende os pistoleiros

18 julho 2019 - 19h00Por Plantão de Polícia

 executado no fim da manhã desta quinta-feira (18), o fazendeiro brasileiro Aguinaldo Correa Lesme, de 48 anos, na cidade de Capitan Bado, na fronteira Coronel Sapucaia – a 400 quilômetros de Campo Grande.

Aguinaldo estava em sua camionete Toyota Hilux, quando foi perseguido por pistoleiros que estavam em uma motocicleta. Quando alcançara o fazendeiro fizeram vários disparos de pistola 9mm, e a vítima acabou morrendo no local.

Em seguida a dupla tentou fugir, mas uma equipe da polícia paraguaia que estava a 100 metros do local da execução passou a perseguir os pistoleiros. Teve troca de tiros entre os policiais e os autores que acabaram presos, segundo o site ABC Color.

Foram presos Wenceslão Oviedo Acosta de 29 anos, e Rubem Torales Huerta. Ainda nãos se sabe os motivos para a execução e nem quem seria o mandante do crime.

ABC Color

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corguinho
Festa de Som Automotivo terminou na Delegacia de Polícia Civil
Brasil
Sonia Guajajara: Bolsonaro é um perigo para o planeta
Crime
Avô de 85 anos foi preso por estuprar netos de 4 e 6 anos
Ponta Porã
Execução sumária na fronteira.
Brasília
Ministro da Justiça não obteve sucesso na abordagem: ex-juíza teve mandato de senadora cassado
Campo Grande
Surgem as Tradicionais favelas na capital
Brasília-DF
Moro demonstra uma vaidade desproporcional ao cargo de Ministro da Justiça
Educação
À Comissão de Educação da Câmara dos Deputados ele disse que há "plantações de maconha" e "laboratórios de droga" nas universidades federais; o G1 mostrou que os casos citados foram investigados e não geraram processos contra as instituições.
Polícia
Amor de filho, virou presepada e prisão
Política
Juiz de Brasília suspendeu a decisão do PSL