Menu
Busca Qui, 18 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
Combate ao tráfico

Paraguai prende um dos maiores produtores de maconha do país, diz promotor

Fredy Ariel Irala Fernandez, conhecido como "Lico’I", é considerado fornecedor de droga para uma das principais facções criminosas do Brasil há pelo menos 5 anos, segundo Ministério Público do Paraguai.

13 julho 2019 - 12h30

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu Fredy Ariel Irala Fernandez, de 35 anos, conhecido como "Lico’I", em uma fazenda no distrito de Manta Potrero, em Capitán Bado, na fronteira do Brasil, na região sul de Mato Grosso do Sul. O paraguaio é considerado um dos maiores produtores de maconha do país, segundo o promotor do Ministério Público do Paraguai, Hugo Volpe.

"Ele é considerado um dos maiores produtores de maconha do Paraguai e tinha à sua disposição uma rede de assassinos contratados que operava em todo o departamento de Amambay ligados a vários homicídios", disse o promotor.

O promotor disse ao G1 que o traficante era fornecedor de droga para uma das principais facções criminosas do Brasil há pelo menos 5 anos. Ele foi preso durante uma operação. Segundo a polícia paraguaia, ao chegar na propriedade rural houve um tiroteio que resultou na morte de um homem não identificado. Nas casas da fazenda, foram apreendidos 2 fuzis AR-15, munições, celulares, equipamentos de prensa, balanças, veículos e 2.800 kg de maconha.

Acampamento onde os 2.800 kg de maconha foram apreendidos — Foto: Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação
Acampamento onde os 2.800 kg de maconha foram apreendidos — Foto: Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação

 

Outra operação na mesma região
Policiais paraguaios e brasileiros realizaram nesta sexta-feira (12) uma operação em conjunta na região de fronteira, entre as cidades vizinhas de Capitán Bado e Coronel Sapucaia (MS). A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad), Polícia Federal e Força Nacional de Segurança fizeram buscas na região com o auxílio de um helicóptero.

No Paraguai, o foco da polícia foi a região da Colônia Manta Potrero, onde há grande concentração de lavouras de maconha. Na Linha Internacional que divide os dois países, houve bloqueios para evitar que criminosos fugissem para Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, um paraguaio foi preso em flagrante . Ele é apontado como o líder de uma quadrilha especializada em assaltos, tráfico e crimes de pistolagem.

Com informações, G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Ladrões se dão mal ao cair da moto
Mega-Sena
Resultado do sorteio do concurso n. 2170
JUSTIÇA
Registro de crimes cai no primeiro trimestre do ano
JUSTIÇA
Em MS, homem é preso em casa com arma, munições e R$ 21 mil
MILICIA
PF investiga suposta 'milícia' que com ameaças, extorsões e violência estaria tentando controlar aldeia urbana em Campo Grande
JUSTIÇA
Professor pesquisado por acusado de matar Marielle renuncia à direção após ameaças
Exemplo
PREFEITO MEXICANO SE DISFARÇA DE DEFICIENTE PARA TESTAR FUNCIONÁRIOS E FOI ISSO QUE ELE DESCOBRIU
Pai ridiculariza filha publicamente por ela não apoiar o atual governo
INVESTIGAÇÃO
Arma achada na casa de Flordelis foi usada para matar pastor
INTERIOR
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência em MS