Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Segurança Pública

Reinaldo Azambuja elogia ação policial na fronteira contra organização criminosa

Dezenas de mortes na fronteira de MS com o Paraguai, levou a população da região ao terror.

13 janeiro 2021 - 09h00Por AB/MS

As ações das forças de segurança de Mato Grosso do Sul contra as organizações criminosas foram elogiadas pelo governador Reinaldo Azambuja.

Na noite de segunda-feira (11), policiais entraram em confronto com integrantes do PCC, após terem sido recebidos à bala, e apreenderam um arsenal com dois fuzis, duas pistolas glock 9mm e dois revólveres calibre 38, além de dois veículos roubados.

“Bandido tem que ser tratado com rigor e tolerância zero. As nossas forças policiais estão de parabéns. Nossos policiais têm agido com coragem e eficiência. Temos mais de 1.500 quilômetros de fronteira e, em várias partes, é possível atravessar a pé. Infelizmente, no confronto de ontem, oito integrantes do PCC morreram. Nosso desejo é que estivessem atrás das grades. Mas nossa prioridade é e sempre vai ser a de proteger o cidadão de bem”, afirmou o governador.

Participaram da ação as polícias Civil e Militar, Garras, DOF, Bope e o Choque. O enfrentamento teve início em uma casa no bairro Julia Cardinal, próximo à UEMS, em Ponta Porã, que funcionava como esconderijo para o armamento. Conforme a Polícia Civil, a organização criminosa está envolvida em dois homicídios recentes na região de Sanga Puitã e nas proximidades da linha internacional.

Os indivíduos baleados foram socorridos pelas próprias equipes policiais e levados para o Hospital Regional de Ponta Porã. Os corpos foram encaminhados ao IML para a identificação e realização de exame necroscópico. Até o momento apenas um dos envolvidos foi identificado: Oscar Prieto Davalo (23).

Após o confronto, a segurança foi reforçada com o Grupamento Aéreo e a Polícia Rodoviária Estadual. Para os próximos dois anos (2021-2022), o Governo do Estado planeja investir mais de R$ 200 milhões para estruturar as forças de segurança pública com aquisição de armas, radiocomunicação, compra de viaturas, treinamento e concurso público.

Portal MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito