Menu
Busca Qua, 03 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
INTERIOR

Rodovia estadual onde motorista morreu só será liberada após as 16h

Por Carol Assis
A MS-157, que liga Itaporã a Maracaju, só deve ser liberada após as 16h de hoje (13), informou há pouco a PMR (Polícia Militar Rodoviária). A estrada, usada por moradores da região de Dourados para viajar até Campo Grande e principal acesso à região de Jardim e Bonito, está interditada na altura do Rio São Domingos, próximo ao distrito de Carumbé, onde ocorreu um acidente na manhã desta sexta-feira.

A carreta carregada com bagaço de cana seguia no sentindo Maracaju-Itaporã. A 300 metros da ponte sobre o rio, o motorista perdeu o controle da direção após estourar o pneu em um buraco e tombou na pista.

A carreta parou sobre a ponte, interditando completamente a pista. O motorista Emanuel Augusto Carvalho de Matos, 29, morador no Barreirão, no município de Fátima do Sul, foi arremessado da cabine e morreu. O corpo foi encontrado no matagal, na beira do rio.

O reitor da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) Fabio Edir dos Santos estava no Fiat Palio Adventure que bateu na carreta tombada na pista. Ele e o motorista Luiz Ramão de Oliveira não sofreram ferimentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
Restante da semana terá aumento de nebulosidade e mudanças no tempo
Pandemia
Brasil registra 1.726 mortes pela COVID em 24 horas e volta a bater recorde
País enfrenta o pico da crise causada pelo novo coronavírus, com colapso na saúde em vários estados
Congresso Nacional Brasileiro
Covid-19: Câmara e Senado aprovam projeto para compra de vacinas por estados
Judiciário
Ministro do STJ anuncia aposentadoria durante sessão
Brasíl
STF rejeita denúncia contra parlamentares do PP
Interior
Em breve, população de Amambai poderá contar com a universalização da coleta e o tratamento do esgoto
Novo Coronavirus
Com mais 20 mortes, MS já perdeu 3.350 para a Covid-19
MS
Agepan publica Portaria que institui Termo de Ajustamento de Conduta no transporte rodoviário
Covid 19
MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes
Reação contra deputados
"A covardia dos deputados estaduais é bizarra, multar quem tomar ou aplicar a vacina? A vida e saúde é direito constitucional e dever do estado", disse Alcides Bernal (PP).