Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
INTERIOR

Rodovia estadual onde motorista morreu só será liberada após as 16h

Por Carol Assis
A MS-157, que liga Itaporã a Maracaju, só deve ser liberada após as 16h de hoje (13), informou há pouco a PMR (Polícia Militar Rodoviária). A estrada, usada por moradores da região de Dourados para viajar até Campo Grande e principal acesso à região de Jardim e Bonito, está interditada na altura do Rio São Domingos, próximo ao distrito de Carumbé, onde ocorreu um acidente na manhã desta sexta-feira.

A carreta carregada com bagaço de cana seguia no sentindo Maracaju-Itaporã. A 300 metros da ponte sobre o rio, o motorista perdeu o controle da direção após estourar o pneu em um buraco e tombou na pista.

A carreta parou sobre a ponte, interditando completamente a pista. O motorista Emanuel Augusto Carvalho de Matos, 29, morador no Barreirão, no município de Fátima do Sul, foi arremessado da cabine e morreu. O corpo foi encontrado no matagal, na beira do rio.

O reitor da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) Fabio Edir dos Santos estava no Fiat Palio Adventure que bateu na carreta tombada na pista. Ele e o motorista Luiz Ramão de Oliveira não sofreram ferimentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa