Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
OPINIÃO DO MINISTRO

Em Davos, Moro dirá que a corrupção abala a confiança no mercado

E ‘não apenas em governos’ Globalização fica ‘injusta’

21 janeiro 2019 - 13h30

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, dirá no Fórum Econômico Mundial que “a corrupção alimenta a desconfiança não apenas em governos, mas também no mercado”.

Ex-juiz e antigo responsável pelos processos em 1ª Instância da Lava Jato em Curitiba, Moro será uma espécie de trunfo do presidente Jair Bolsonaro para dizer que o governo terá no combate à corrupção uma de suas bandeiras.

Até o momento, porém, o ministro nada falou sobre as movimentações atípicasna conta do senador eleito e filho do presidente da República, Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

O discurso do paranaense reforçará o papel do ministro da Economia, Paulo Guedes, que tenta vender a agenda econômica do governo para a comunidade internacional.

O governo apresentará uma “agenda corretiva” com 3 pilares:

- reforma da Previdência;

- privatizações, concessões e venda de ativos imobiliários;

- reforma administrativa.

O tema desta edição do fórum é “Globalização 4.0: Moldando uma arquitetura global na era da quarta revolução industrial”. O ex-magistrado dirá que “a corrupção compromete a globalização e a torna injusta”. O ministro participa de 1 painel na 5ª feira (24.jan.2019) sobre crime globalizado.

O Fórum Econômico Mundial está em sua 39ª edição. Bolsonaro discursará na 3ª feira (22.jan), na sessão plenária do Fórum. O principal tema a ser pautado são as reformas econômicas. Estava prevista para o dia uma entrevista à imprensa, que sumiu da agenda de Davos.

A comitiva terá, além de Moro e Guedes, outros 3 ministros: Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Augusto Heleno (GSI) e Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte:poder360

CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana