Menu
Busca Sex, 30 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
BOA NOTÍCIA

MS reduz criminalidade em 10% e reforça policiamento e ações de segurança pública

09 janeiro 2019 - 18h11

Campo Grande (MS) – Na primeira reunião com toda a nova cúpula da segurança pública, o governador Reinaldo Azambuja apresentou nesta terça-feira (8.1) os números que comprovam queda das principais ocorrências policiais em Mato Grosso do Sul e discutiu mecanismos para aprimorar a prevenção e a reprenssão fazendo uso da tecnologia e colocando mais policiais nas ruas.

 

Dos 12 tipos de ocorrência, 10 tiveram queda no número de ocorrências, um não teve alteração e apenas um registrou aumento. Em média, a redução dos crimes foi de 10,04%. As diminuições mais expressivas nos índices de criminalidade foram de roubos em estabelecimentos comerciais (-31%), roubos em residências (-25,5%) e furtos em residências (-17,9%).

Reinaldo Azambuja disse que o Governo do Estado dará todo o apoio aos policiais e pediu “tolerância zero” contra a criminalidade. “Apresentamos os números de todas as ocorrências e a diminuição da criminalidade em Mato Grosso do Sul, em praticamente todos os níveis. O Governo do Estado vai dar apoio total no policiamento, maior presença da polícia em todas as regiões, nos 79 municípios, com estrutura, com melhorias. Vamos ter algumas leis principalmente que possibilita através de uma diária você trazer mais policiais, continuidade do chamamento dos bons policiais da reserva, para fortalecer. Hoje tem 503 policiais da reserva na ativa, atendendo e fortalecendo o policiamento e a mensagem a todos os comandantes do apoio total do governo àquele que enfrenta os bandidos. É tolerância zero para que a gente possa apresentar no final de 2019 números ainda melhores de diminuição de criminalidade em Mato Grosso do Sul”, afirmou o governador.

Além do policiamento, os números são explicados pelo uso das câmeras de segurança, inclusive com o compartilhamento das imagens captadas pelos comércios. “Quando você tem acesso ao monitoramento por meio de câmeras de segurança das vias públicas, você consegue reprimir crimes que são praticados contra o patrimônio. Às vezes, a câmera não está no local onde ocorreu o fato, mas tem uma próxima que possibilitará ao policial que está investigando os fatos dados importantes para prender o autor, e automaticamente prevenir outros crimes que aquele autor iria praticar”, explicou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

Além dos comandantes das forças de segurança pública, a reunião contou com a presença do secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana