Menu
Busca Qua, 16 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Fenômeno raro

Lua vista de MS fica vermelha por conta de incêndios e poeira, diz especialista em meteorologia

Franciane Rodrigues explica que a falta de chuvas e parte da poluição da região amazônica que chega ao estado contribuem para o fenômeno.

17 setembro 2019 - 19h19Por G1 MS

Os incêndios e a poeira deixaram a lua com um tom mais "avermelhado" em Mato Grosso do Sul nos últimos dias. Segundo a especialista em meteorologia do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec), Franciane Rodrigues, a coloração do satélite é indicativo do quanto a atmosfera está poluída, principalmente pelas partículas das queimadas.

"É um efeito físico. A luz refletida pela lua interage com a poluição atmosférica no comprimento de onda da luz vermelha, uma vez que as partículas tem um tamanho grande se comparado a outros gases da atmosfera. Dentro da física atmosférica, o fenômeno têm esse efeito é denominado como espalhamento Mie", explica.

Conforme Franciane, quanto mais ao horizonte a lua se encontrar, mais vermelha vai parecer, por conta do reflexo da luz nas partículas de poluição. Além disso, existem outros fatores que podem alterar a coloração da lua: "Condições meteorológicas, a falta de chuvas e o transporte de poluição da região amazônica que chega no estado também contribuem para o fenômeno", explica.

O modo como a lua está sendo visualizado em Mato Grosso do Sul acaba refletindo o quadro atual do estado. Enfrentando uma estiagem prolongada, com baixa umidade relativa do ar em vários municípios, os incêndios em vegetação tem se alastrado, principalmente na região do Pantanal.

Com mais de 1 milhão de hectares de vegetação destruídos, o governo do estado decretou na semana passada situação de emergência. Até por volta do meio dia desta terça-feira (17), o próprio Cemtec contabilizava 2.318 focos de calor no estado.

 

Ajuda para combater incêndios

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou nesta última terça-feira (16) que o estado irá receber apoio logístico e recursos financeiros do Governo Federal para intensificar o combate aos focos de calor em Mato Grosso do Sul. O estado que decretou na quarta-feira passada (11), por 180 dias, situação de emergência em razão do grande número de queimadas, terá ajuda da União que irá ceder aeronaves do Exército e equipes de brigadistas do Ibama, além de uma verba específica. Com informações, G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Vacina contra o câncer de mama e de ovário deve ficar pronta em oito anos
Nordeste e suas praias
Barreiras instaladas para conter óleo são levadas pelo mar em SE
Ceará
Fortalezenses dão lição de solidariedade em resgate de vítimas de prédio que desabou
Internacional
Hong Kong: protestos obrigam presidente a discursar a portas fechadas
Campo Grande
Marcos Trad deixa escola rodeada de lixo
Coreia do Norte
Kim Jong-un passeia a cavalo em local sagrado e gera boatos sobre mudanças políticas
Politicagem
"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL
Brasil e mundo
Vídeo mostra assaltante beijando idosa durante roubo no Piauí: ‘não quero seu dinheiro’
Após vacilo, turma se consolida como implacável e mantém chefes de milícia atrás das grades
STF
Lula, Zé Dirceu, Eduardo Cunha soltos… O que está em jogo no julgamento do STF