Menu
Busca Qua, 23 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Briga

Após confusão por lixo, morador pula muro para agredir vizinho a socos

11 abril 2018 - 17h09Por Redação Notícias VIP
Um homem de 25 anos foi vítima de agressões do vizinho de 21, após discussão na manhã desta quarta-feira (11), em Porto Murtinho, a 413 quilômetros de Campo Grande. Segundo a vítima, o vizinho jogou restos de alimento na residência onde ele mora e após a vigilância sanitária ser acionada, o rapaz pulou o muro e o agrediu com um soco no peito.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o jovem jogou restos de lixo na casa do rapaz, que acionou a vigilância sanitária para relatar o fato. Enquanto a vítima explicava a situação, o suspeito pulou muro e o agrediu, mas foi contido pelos vigilantes.

Após ser contido, o vizinho o ameaçou dizendo ?eu vou entrar em seu quintal e esperar você dormir para te matar?.

Ainda segundo a vítima, o suspeito já estaria procurando desentendimento há tempos e que já teria registrado boletim de ocorrência contra o autor na última sexta (6).

O caso está sendo investigado.

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Campo Grande tem 28.593 casos e 463 novos óbitos
Paranaíba
Filho que bate em mãe, se dá muito mal.
Brasíl
Nem Moro, Nem Azevedo, Nem Bolsonaro e nem Marito , eles todos não conseguiram dar garantias de segurança na fronteira" disse jornalista paraguaio.
Brasilia
Ao STF, Aras diz que decisão sobre reeleição de comandos da Câmara e Senado é assunto interno
Brasíl
Brasil acumula 4,55 milhões de casos e 137,2 mil mortes por covid-19
Rio Verde de Mato Grosso
Prefeito se envolve em confusão e foi filmado onde um outro homem aparece com arma na mão.
Brasíl
Agência Brasil explica o que é o Sistema S
Brasíl
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS Pagamento é feito por meio da conta poupança digital da Caixa
Brasíl
Fantástico: incêndio no Pantanal , investigação da PF e imagens de satélite indicam que a tragédia começou em 4 fazendas pertencente ao homem bomba da corrupção em Mato Grosso do Sul
Brasíl
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%