Menu
Busca Qua, 13 de novembro de 2019
(67) 9.9928-2002
INTERIOR

Dois mil condutores foram afetados por bloqueios em rodovias, diz PRF

10 abril 2018 - 20h00Por Redação Notícias VIP
A PRF (Polícia Rodoviária Federal) estima que cerca de 2 mil condutores foram afetados com o bloqueio de manifestantes por três rodovias de MS, nesta terça-feira (10). Os integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) bloquearam as rodovias em protestos contra a prisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), conforme apurou o órgão.

A última rodovia a ser liberada, depois de 8 horas de protesto foi o quilômetro 44 da rodovia BR-262 (próximo ao trevo para Dois Irmãos do Buriti), encerrado 14h10. Na região, os manifestantes também reivindicavam a desapropriação de uma fazenda para a reforma agrária.

Anteriormente foram liberados o trecho 104 (trevo para Icaraíma) da BR-163, as 12h30, e o km 126 (trevo para Nova Andradina) da BR-267, encerrado às 13h30. Durante os protestos a PRF instalou gabinete para intermediar negociações para liberação.

Os manifestantes foram ouvidos e por meio da PRF foram realizados os contatos com MPF, AGU e INCRA para tratar das demandas do movimento. Os agentes preveniram também qualquer tipo de desentendimentos entre motoristas e manifestantes, além de terem feito a sinalização ao final da fila nos locais com maior risco de acidentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Capital tem muitas pessoas em situações gravíssimas de miséria
Corrupção no lixo na capital
Esse lixo "fede" demais ...
Campo Grande
Saúde pública pede socorro em Campo Grande
CPI da ENERGISA
Depois que Loester chamou-o de "bunda-mole" e a população se revoltou com os estaduais eles mudam de opinião.
ENERGISA
ENERGISA ligada na sua energia, toma seu dinheiro, sua dignidade e até a vida.
Campo Grande
Uma mãe cuida de dez filhos, nem sempre dez filhos cuidam da mãe.
Campo Grande
Quem conhecer ou souber informar, favor avisar.
Bolívia
Bolívia vive convulsão social
CNJ
A justiça usada para prejudicar a parte que aguarda por uma solução judicial.
Brasil
Brasil precisa de Presidente que faca gestão pública