Menu
Busca Seg, 20 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Fama

Eduardo Costa tem mansão penhorada e é indiciado por estelionato

11 janeiro 2020 - 07h07Por R7

 Justiça determinou o bloqueio da mansão do cantor sertanejo Eduardo Costa, localizada na Pampulha, cartão postal de Belo Horizonte. O imóvel é avaliado em R$ 9 milhões.

A decisão liminar atende a um pedido do advogado Arnaldo Soares Alves, representante de um casal que afirma ter levado prejuízo financeiro em uma transação imobiliária com o cantor. A negociação caiu no radar da Polícia Civil de Minas, que acabou indiciando o artista por estelionato, conforme o R7 mostrou.

Segundo a investigação, Eduardo Costa negociou uma casa no balneário de Escarpas do Lago, em Capitólio, a 313 km de Belo Horizonte, em troca da casa na Pampulha. O cantor, no entanto, não avisou que o imóvel em Capitólio era alvo de duas ações, sendo uma movida pelo Ministério Público Federal (MPF), e a outra de reitegração de posse, promovida por Furnas Centrais Elétricas S.A.

IGUALDADE

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Aos 466 anos, cidade de São Paulo tem 11,8 milhões de habitantes
Geral
Começa hoje pagamento do Bolsa Família
Dourados
Filha espanca a mãe com socos e chutes
Rio Brilhante
Homem esfaqueia criança e leva 6 facadas da irmã
Interior
Corrupção permitiu fuga de integrantes de PCC
Campo Grande
Trad quer aumentar para R$4,10 tarifa de ônibus
Educação
Estudantes podem se increver no Sisu a partir desta terça-feira
Campo Grande
Trad se omite em fazer manutenção nas praças publicas
Campo Grande
Sujeira tradicional em Campo Grande
Evangélicos Bolsonaro
Pastor evangélico é um dos agressores de manifestantes que protestavam contra Damares em São Carlos (SP)