Menu
Busca Sb, 14 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
UFGD

Exame confirma estupro de adolescente durante trote universitário em MS, diz polícia

22 março 2018 - 16h13Por Redação Notícias VIP
Exame de corpo de delito confirmou que a adolescente vítima de suposto estupro durante trote universitário em Dourados, no sul de Mato Grosso do Sul, na segunda-feira (19), deu positivo para relação sexual, segundo a Polícia Civil.

O laudo oficial do Insituto Médico Legal (IML) ainda não saiu, mas de acordo com o delegado regional Lupércio Degerone Lúcio, a informação foi repassada à Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM), que está à frente da investigação.

"A investigão agora segue seu curso normal, tentando identificar a autoria", falou o delegado ao G1. A polícia quer saber agora quem deixou a menina em coma alcoílico na recepção do Hospital da Vida, na segunda-feira.

O chefe da Polícia Civil ainda informou à TV Morena que os reponsáveis pela festa ainda podem responder por terem oferecido bebida alcoólica a menores de idade. A festa foi organizada por uma 'atletica' - grupo de universitários responsável por organizar eventos, como esportivos, por exemplo.

Caso

A Polícia Civil investiga denúncia de suposto estupro de uma adolescente de 17 anos durante um 'trote universitário' realizado entre alunos da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), no sul de Mato Grosso do Sul, na última segunda-feira (19).

A UFGD informou por meio de nota que está colaborando com a polícia e vai abrir ouvidoria para recebimento de denúncias dessa natureza. Além disso, a universidade vai tomar medidas administrativas caso seja confirmado a participação de algum aluno da instituição.

A queixa foi registrada na delegacia pela própria mãe da garota. A mulher contou aos investigadores que a filha chegou em coma alcoólico no hospital, vestida com roupas masculinas sujas de sangue. O estado da filha a fez pensar na possibilidade de abuso sexual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Vereadores aprovam orçamento de mais de 4,3 bilhões para Campo Grande.
Meio Ambiente
Trad comete improbidade, uma atrás da outra, mas é blindado
Corrupção no Judiciário
Juíza presa contrata advogado especialista em delação
Corguinho
Festa de Som Automotivo terminou na Delegacia de Polícia Civil
Três Lagoas
Chuva e granizo faz estrago em Três Lagoas
Brasil
Sonia Guajajara: Bolsonaro é um perigo para o planeta
Crime
Avô de 85 anos foi preso por estuprar netos de 4 e 6 anos
Ponta Porã
Execução sumária na fronteira.
Brasília
Ministro da Justiça não obteve sucesso na abordagem: ex-juíza teve mandato de senadora cassado
Campo Grande
Surgem as Tradicionais favelas na capital