Menu
Busca Dom, 08 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Dourados

Homem sai da cadeia na terça-feira e volta a ser preso no sábado

04 fevereiro 2018 - 12h15Por Ribero Júnior
Aristeu dos Santos Neto, 24 anos, morador na cidade de Aruanã, em Goiás, foi preso por volta das 09 horas da manhã deste sábado, dia 03 de fevereiro, por uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal), quando trafegava pela rodovia BR-463, em uma caminhonete Toyota Hilux, de cor branca, durante fiscalização de rotina.

De acordo com informações da PRF, o motorista recebeu ordem de parada no posto Capey, localizado no km 68 da rodovia, mas não obedeceu e fugiu no sentido Ponta Porã, dando início a uma perseguição de durou cerca de 10 quilômetros, quando a caminhonete foi alcançada e Aristeu preso.

O curioso é que o homem disse aos patrulheiros, que foi liberado da cadeia pública de Rio Brilhante na última terça-feira, dia 30 de janeiro e foi até Dourados no intuito de voltar para a cidade onde mora em Goiás, mas quando estava na rodoviária recebeu a proposta de levar uma caminhonete até o Paraguai e por isso ganharia a importância de R$ 1.000,00.

A caminhonete tinha Placas aparente de Goiânia e durante checagem foi verificado que a placa original era de Silvânia, e tinha queixa de furto na cidade de Anápolis, também em Goiás.

Aristeu disse ainda que como estava precisando de dinheiro para voltar para casa, aceitou a proposta e acabou preso novamente. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, onde foi autuado em flagrante por receptação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Fake foi estratégia da eleição de Moro
Animais
Cachorro perdido a um ano regonhe seu dono
ENERGISA
Energisa é campeã em desrespeito ao consumidor
Caso Daniel
A Justiça é uma coisa, não confunda, pois Judiciário é outra coisa
Fronteira violenta
A cabeça foi cortada ao meio e estava com as outras partes do corpo no tambor.
Campo Grande
Para vender áreas públicas Trad vai acertar projeto de lei com vereadores
Campo Grande
Trad e seus vereadores vão gastar em propaganda e festas, entre outros fins, remanejam 240 milhões
Campo Grande
Trad e suas taxas para o povo pagar
Fronteira
"Quero a cabeça de meu filho" disse a mãe desconsolada
Inflação
A carne foi o item que mais subiu o preço