Menu
Busca Sex, 18 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Operação Omertà

Jerson Domingos, Cintia Name e Benevides serão soltos ainda pela manhã.

Desembargador Vladimir de Abreu concedeu o habeas Corpus durante a madrugada desta sexta-feira.

19 junho 2020 - 08h00Por Redação

A terceira fase da Operação Omertà mobilizou Gaeco, choque e Garras,  com dezenas de mandados judiciais, por conta da suposta organização  criminosa para praticar homicídios, contrabando de armas, corrupção e outros. Pessoas integrantes das forças públicas a serviço do crime.

Entre os presos estão o ex-presidente da Assembleia Legislativa e atual conselheiro do tribunal de contas,  policiais civis, federal e militar.

Na tarde de quinta-feira (18) advogados de Jerson Domingos ingressaram com Habeas Corpus para  livra-lo da prisão.

Jerson Domingos, Cintia Name e Benevides da Pantanal Cap, foram beneficiados por decisão do desembargador de plantão na madrugada desta sexta-feira (19).

Além dos argumentos jurídicos o advogado de Jerson Domingos cravou que seu cliente é "bom, pacífico e companheiro."

O Habeas Corpus foi concedido pelo desembargador Vladimir de Abreu.

DENUNCIE VIOLENCIA CONTRA A MULHER

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance
Brasil
Os seis fatores que tornam incêndios no Pantanal difíceis de serem controlados
Religião e Judiciário na Política
Empresário preso afirma ter feito pagamentos a Witzel quando governador afastado ainda era juiz federal
Brasil
Flordelis, pastora e deputada federal pelo PSD soltou até bomba, diz testemunha.
Pastor Anderson vítima da "família do mal"
Brasil
Governo vai manter o Bolsa Família, diz Bolsonaro
Saúde
MS ultrapassa 60 mil casos confirmados e tem 1.106 mortes pelo novo coronavírus