Menu
Busca Sex, 13 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Justiça

Mãe é condenada por torturar a filha de 3 anos em Santa Catarina

A sentença impôs à mãe uma pena de dois anos e quatro meses de reclusão

22 julho 2019 - 18h00

Ajuíza Ana Karina Arruda Anzanello, da 2.ª Vara Criminal da comarca de Chapecó, em Santa Catarina, condenou uma mulher de 35 anos por torturar a filha de 3 anos. A sentença impôs à mãe uma pena de dois anos e quatro meses de reclusão, em regime aberto.

O processo relata que o Conselho Tutelar chegou até a criança em novembro do ano passado, após denúncias de vizinhos. A menina estava sozinha em casa.

Segundo a sentença, a criança tinha "sinais de tapas, beliscões e demais machucados nos braços, rosto e olhos". O processo aponta que a menina havia sido agredida com um "pisão" na garganta.

A Justiça informou que "algumas marcas de violência eram recentes e outras antigas". Na ocasião, a mulher foi presa em flagrante em uma unidade do Conselho Tutelar, e teve a prisão preventiva decretada.

Em março deste ano, a Justiça concedeu liberdade provisória com medidas cautelares à mãe. O processo tramitou em segredo de Justiça. Com informações, Justiça/Notícias ao Minuto.

DENUNCIE VIOLENCIA CONTRA A MULHER

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corguinho
Festa de Som Automotivo terminou na Delegacia de Polícia Civil
Brasil
Sonia Guajajara: Bolsonaro é um perigo para o planeta
Crime
Avô de 85 anos foi preso por estuprar netos de 4 e 6 anos
Ponta Porã
Execução sumária na fronteira.
Brasília
Ministro da Justiça não obteve sucesso na abordagem: ex-juíza teve mandato de senadora cassado
Campo Grande
Surgem as Tradicionais favelas na capital
Brasília-DF
Moro demonstra uma vaidade desproporcional ao cargo de Ministro da Justiça
Educação
À Comissão de Educação da Câmara dos Deputados ele disse que há "plantações de maconha" e "laboratórios de droga" nas universidades federais; o G1 mostrou que os casos citados foram investigados e não geraram processos contra as instituições.
Polícia
Amor de filho, virou presepada e prisão
Política
Juiz de Brasília suspendeu a decisão do PSL