Menu
Busca Sáb, 15 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Judiciário

Olarte, apesar de condenado à 8 anos e 4 meses de cadeia continua solto

12 fevereiro 2020 - 08h00Por Denúncia

Em maio de 2017, Gilmar Antunes Olarte, foi condenado à 8 anos e 4 meses de cadeia, por corrupção e lavagem de dinheiro.

Há mais de 2 anos  o ex-pastor, ex-politico, se vangloria de ser "blindado" por desembargadores do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul.

Gilmar Antunes Olarte teve como principais assessores quando esteve prefeito os advogados Fábio Castro Leandro, filho do presidente do TJMS e Rodrigo Pimentel, filho de desembrgador que estava de plantão na noite em que se concedeu efeito suspensivo da sentença que anulou o decreto de cassação do prefeito eleito.

Não dá para entender a demora na tramitação dos processos do condenado Gilmar A. Olarte, pois outros politicos estão presos ou já foram presos.

A diferença de tratamento é comprovada pelo próprio condenado, quando se vangloria dizendo: "Eu não vou preso porque sou blindado."

Vejam:

https://m.msnoticias.com.br/editorias/politica-mato-grosso-sul/estou-blindado-diz-olarte-que-escolheu-filho-de-desembargador-para/59302/

Fonte: Operação Adna

Por CNJ

 

DENUNCIE VIOLENCIA CONTRA A MULHER

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Cristo Redentor passa por desinfecção para reabertura no sábado (15)
Polícia
Operação Snake: doze pessoas são indiciadas tráfico de animais no DF
Brasil
Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte Medida beneficia todos os funcionários do setor
Brasil
Brasil ocupa 4ª posição no primeiro índice iberoamericano sobre Govtec
Geral
Moro vai enfrentar a OAB
Polícia
PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF
Esporte
Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro Em Salvador, Bahia vence Coritiba por 1 a 0
Esporte
Brasileiro: Atléticos vencem e Botafogo empata na abertura da rodada
Esportes
PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões
Esportes
Treze abre vantagem sobre rival Campinense na final do Paraibano