Menu
Busca Sáb, 23 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
TV

Ratinho dá chilique em defesa de Bolsonaro

17 março 2020 - 08h08Por Revista Fórum

Coisas do Ratinho

O crítico de TV, Maurício Stycer, comentou: “Não me lembro de nenhum apresentador de uma grande rede de TV aberta fazer, com tanto entusiasmo, a defesa no ar de um político”

No início do ‘Programa do Ratinho’, desta segunda-feira (16), no SBT, o apresentador Carlos Massa fez defesa veemente do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ).

Antes de começar, Ratinho ainda tropeçou nas palavras e repetiu. “Quero mandar um abraço pro meu, meu… pro Presidente da República”, para depois seguir: “o presidente está resistindo bravamente às armadilhas que colocam em seu caminho. Eu nunca vi a imprensa bater tanto num presidente quanto eu tenho visto. Presidente, eu sei que é difícil mudar um estado corrompido, onde muitos dos políticos pensam mais em vantagem própria do que no Brasil. Eu desejo, sinceramente, que o senhor persista na sua trajetória”, afirmou ao vivo.

 

É preciso reconhecer que o Brasil está melhorando. É hora de união. Respeitem a vontade de quem elegeu Jair Bolsonaro presidente do Brasil. Respeitem! Vocês não falam tanto em respeito? Então respeitem o voto, porra!”, finalizou.

 

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid 19 em MS
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
Alimentação
Governo federal se compromete com isenção de exportações para o PMA
Educação
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
Campo Grande
Marquinhos Trad cobra impostos e taxas da população de Campo Grande e não realiza serviços públicos.
Vacina
Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados
Tempo e temperatura
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
Nioaque
Prefeito de Nioaque é o primeiro a ser investigado por tomar vacina destinada a indígenas
Judiciário
Em posse do TJMS, Reinaldo Azambuja destaca importância do Poder Judiciário no combate à pandemia
Vacina
Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia
Brasíl
Número de casos de covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil Doença já fez mais de 215 mil vítimas