Menu
Busca Qui, 04 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
CRACK

ALI/ Força Tática do 3º BPM apreendem grande quantidade de crack.

Na periferia de Dourados durante o final de semana

21 janeiro 2019 - 10h11

Num esforço conjunto da Agencia Local de Inteligência (ALI) e uma das equipes da Força Tática do 3º BPM, o foragido Cleomar Antônio Correia, 35 anos, conhecido como “TCHÊ”, foi preso por tráfico de droga de posse de grande quantidade de Crack.

Denúncia
O fato ocorreu no início da noite de sábado(19), após um período de monitoramento por uma das equipes da ALI a um endereço no Jardim Piratininga, onde diversas denúncias versavam que naquela localidade funcionaria um ponto de venda e distribuição de drogas. Após a constatação da movimentação de viciados no local, uma equipe da Força Tática foi acionada para efetua a abordagem a uma pessoa que a princípio mentiu o nome, mas posteriormente foi identificado como o foragido Cleomar Antônio Correia, vulgo “TCHE”.

Maior quantidade de crack apreendida na área urbana da cidade
Em vistoria pela residência alvo da denúncia e do monitoramento foram localizados em cima da mesa, várias porções de Crack na forma bruta que totalizaram 3,5 quilos da droga, juntamente com um balança de precisão, 805 reais em dinheiro (notas pequenas), um prato e uma faca onde a droga estaria sendo particionada.

Foram encontrados ainda diversos objetos como TV’s, celulares, cartões de credito, documentos pessoais e documentos de veículos, provavelmente utilizados na troca por drogas naquele local.

Foragido da Justiça
Contra Cleomar ainda foi constatado um mandado de prisão emitido pela 3ª Vara Criminal de Dourados, motivo pelo qual inicialmente o acusado teria mentido o verdadeiro nome.

O Crack
Para a produção do crack, uma mistura de cocaína em pó (ainda não purificada) dissolvida em água e acrescida de bicarbonato de sódio (ou amônia) é aquecida. O aquecimento separa a parte sólida da liquida. Após a parte sólida secar, é cortada em forma de pedras. Por não passar pelo processo final de refinamento pelo qual passa a cocaína, o crack, possui uma grande quantidade de resíduos das substâncias utilizadas durante todo o processo, que é extremamente prejudicial à saúde, podendo seu uso resultar em morte.

 

Valores e público
O valor estimado da apreensão gira em torno de 50mil reais e a quantidade de crack apreendida poderia produzir mais de 10mil pedras (porções) e “atender” aproximadamente 5 mil viciados em Dourados.

A ação foi concluída com a captura e prisão do foragido que foi encaminhado juntamente com todo o material apreendido para a DEPAC, onde foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

 

Itamar Buzzatta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Interior
Operação Cidade Segura em Aquidauana e Miranda flagra 45 motoristas embriagados
Campo Grande
Morre o coronel Adib Massad, o comandante que honrou a farda da Polícia Militar
Brasil
Brasil tem maior número de mortes por covid-19 em um dia: 1.910 óbitos
Alerta
Está confirmado primeiro caso da variante de Manaus no MS
Brasíl
Pesquisadores da UnB desenvolvem máscara que inativa coronavírus
Presente no equipamento, nanofilme de quitosana consegue barrar vírus
Mato Grosso do Sul
Com mais 24 óbitos, MS contabiliza 3.374 mortes por Coronavírus
Mato Grosso do Sul
Governador autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil
Campo Grande
Procon Estadual autua posto de combustível que reajustou preços três vezes em um dia
Interior
Com novo projeto de esgotamento sanitário, Iguatemi terá 60% de cobertura
Campo Grande
Moradores do Vilas Boas reclamam da falta de limpeza urbana