Menu
Busca Dom, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Assalto

Bandidos armados fecham van, agridem e roubam comerciantes

12 abril 2018 - 08h29Por Redação Notícias VIP
Seis comerciantes com uma criança que seguiam em uma van para fazer compras no Paraguai foram rendidos por assaltantes armados e encapuzados por volta das 3h30 desta quinta-feira (dia 12), na Rua Palmácia, no Bairro Moreninhas II, região sul de Campo Grande. A vítimas foram agredidas e roubadas.

Conforme as vítimas com idades entre 9 e 61 anos, antes mesmo de saírem da cidade, a van foi fechada por um Chevrolet Corsa Wind, de cor prata, com três ocupantes armados, que desceram e anunciaram o assalto. Os criminosos mandaram os comerciantes entregar todo o dinheiro que tinham. Um dos ocupantes foi agredido a coronhadas e teve que tirar a roupa, após dizer que não tinha dinheiro.


Segundo o grupo, um dos assaltantes era muito violento e agredia as vítimas com chutes, socos e coronhadas.Tudo indica que o roubo foi premeditado. Os bandidos sabiam a rotina do grupo. Durante o roubo, segundo a dona da van, os criminosos a chamaram pelo nome. Porém, como estavam encapuzados não foram reconhecidos por ninguém.

Eles só não levaram o aparelho celular da proprietária da van, porque sabiam que se tratava de um iPhone com rastreador. O caso foi registrado nesta manhã na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ceará
88 mortes no Ceará, com a PM em greve
Geral
Reuters se junta ao Facebook no combate à desinformação na rede social
Geral
Quase mil passageiros desembarcam do navio afetado pelo coronavírus
Carnaval
Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
Geral
Julgamento de Assange começa na segunda-feira
Politica ou Politicagem ?
Solidariedade expulsa vereador que liderou motim da PM no Ceará
Ceará
Carnaval é cancelado no Ceará
Política
Guru do presidente está internado nos Estados Unidos
Fronteira
Operação Alba: 10 pessoas foram presas nesta madrugada em PJC
Polícia
ABRAJI informa que pistolagem usou a mesma arma para jornalista e outras pessoas