Menu
Busca Sex, 18 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Fiscalização

CANIL da Polícia Militar apreende super maconha em Dourados

26 abril 2018 - 08h42Por Redação Notícias VIP
Rodrigo Gonçalves(22) morador na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados, acabou preso na quarta-feira (25/4) após ser flagrando com uma carga de drogas. Ele estaria  com dois pacotes da super maconha, conhecida como Skank,  no interior do ônibus abordado por policiais militares do CANIL do 3o. BPM na área central da cidade. 

Conforme o boletim de ocorrência, o acusado seguia no ônibus que saiu de Coronel Sapucaia e faria o ponto final no Terminal Rodoviário de Dourados, sendo que, no cruzamento da Avenida Hayel Bon Faker com a Rua Antônio Emilio de Figueiredo, o Canil da Polícia Militar realizou a fiscalização no ônibus e a cadela Inca encontrou a droga na mochila do rapaz. 

No interior da bolsa havia dois tabletes da super maconha, totalizando 1,1 quilo. Questionado, disse ter adquirido por R$ 50 em Amambai para consumo próprio.

O individuo foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Dourados e autuado em flagrante pelo tráfico.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance
Brasil
Os seis fatores que tornam incêndios no Pantanal difíceis de serem controlados
Religião e Judiciário na Política
Empresário preso afirma ter feito pagamentos a Witzel quando governador afastado ainda era juiz federal
Brasil
Flordelis, pastora e deputada federal pelo PSD soltou até bomba, diz testemunha.
Pastor Anderson vítima da "família do mal"
Brasil
Governo vai manter o Bolsa Família, diz Bolsonaro
Saúde
MS ultrapassa 60 mil casos confirmados e tem 1.106 mortes pelo novo coronavírus