Menu
Busca Dom, 18 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
INVESTIGAÇÃO

Caso Marielle: traficante que matou rivais usou munição do mesmo lote

23 março 2018 - 10h10Por Redação Notícias VIP
O traficante Gonçalo Cleyton Passos Gomes, conhecido como Cleytinho, de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, responde pela morte de dois rivais, em julho de 2016. Para executá-los, foi usada a munição calibre 9mm, do lote UZZ-18, o mesmo utilizado para matar a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, no último dia 14.

Segundo denúncia do Ministério Público, o crime teria sido cometido quando Cleytinho estava com outros comparsas, sendo um deles um adolescente, encontrou os rivais. Em seguida, foi iniciada uma troca de tiros e dois suspeitos morreram. Um dos assassinados, relatou o Extra, compôs letras de funk que desagradaram Cleyton. Ele vai a júri popular por homicídio qualificado e também por corrupção de menores.

Questionada sobre o lote UZZ-18, o mesmo do crime que matou Marielle e Anderson, a Polícia Civil afirmou que foi vendido à Polícia Federal de Brasília pela empresa Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC), no dia 29 de dezembro de 2006. Ainda de acordo com a reportagem, o lote foi distribuído para unidades da PF em todo o país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fronteira sem segurança
Dos dois lados mais de 150 mortes violentas praticados pelo crime organizado
Campeonato Brasileiro
Palmeiras inicia neste sábado maratona decisiva contra o Grêmio
Economia
Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 24 milhões
Polícia
Não brinca com mulher " nervuda"
Entretenimento
O mistério do "Homem Tv" que está intrigando as autoridades no EUA
Internacional
Mais de 11 mil pássaros são encontrados mortos nos EUA após tempestade de granizo
Nova Andradina
Na frente da prefeitura carro bate em árvores
Cultura
Dia do Pão de Queijo: conheça a história e aprenda a fazer este quitute mineiro
Enquete
Você acha que os atuais vereadores merecem se reeleger? Participem
Brasil e Mundo
Plantação com 40 mil pés de maconha é encontrada com a ajuda de um drone