Menu
Busca Qua, 25 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Crime

Com retrato-falado, polícia busca suspeito de matar garoto de programa por engano

27 abril 2018 - 21h17Por Redação Notícias VIP
Com o apoio de um retrato-falado, a Polícia Civil em Campo Grande busca por um homem suspeito de assassinar a tiros um garoto de programa, na região da avenida Costa e Silva, em Campo Grande. O crime ocorreu em 2016, e a vítima, Bruno da Silva Carvalho, implorou para não ser morto.

Segundo a delegada titular, Célia Bezerra, da  4ª Delegacia de Polícia das Moreninhas, o autor do homicídio teria sido roubado por um outro profissional do sexo, que havia mantido relação sexual com ele.

Ainda conforme a delegada, a polícia tinha apenas apelidos dos profissionais do sexo, por isso as investigações não haviam avançado. No entanto, um garoto de programa foi localizado e decidiu revelar o que ocorreu no dia do assassinato, sob a condição de anonimato.

Conforme apurado até o momento, o suspeito era frequentador do ponto de prostituição e por várias vezes foi visto transitando por lá. No dia do crime, quando Bruno caminhava a pé em direção a outro ponto da região, o homem se aproximou em um Uno Vivace branco, apontou a arma e atirou.

A vítima, ao ser abordado, teria gritado: ''Não me mate, não me mate, não fui eu'', diz a delegada. O homem que teria matado Bruno tapou as placas do carro antes de cometer o crime.

O verdadeiro autor do roubo contra o assassino foi localizado pela polícia, inclusive ele tem várias passagens pela polícia. O roubo contra o suspeito, diz a polícia, ocorreu dias antes do assassinato.

Célia Maria destaca que, após ter dinheiro e celular roubados, o suspeito passou a abordar os profissionais do sexo da região em busca do criminoso.
violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pandemia de Covid 19
Alemanha tem recorde de casos de covid-19 com 410 mortes em 24 horas
Esporte
Série B: Cruzeiro derruba série invicta da Chape e fica longe do Z-4
Esporte
Libertadores: com um a menos, Flamengo segura empate com Racing
Brasil
Brasil passa de 170 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia
Campo Grande
Corpo de chargista é achado esquartejado e queimado; namorada confessou o assassinato
Justiça condena seguranças que açoitaram adolescente em supermercado
Brasilia
Parlamentares aprovam convite a Pazuello para que fale sobre encalhe de testes da Covid-19
Campo Grande
Prefeitura de Campo Grande fecha contrato de R$ 3 milhões para uniformes escolares
Brasíl
Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
Crime Organizado
PF combate, no Rio, furtos de encomendas nos Correios