Menu
Busca Seg, 27 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Polícia

Contraventor é assassinado a tiros de fuzil na disputa pelo controle do jogo do bicho no Rio de Janeiro.

10 novembro 2020 - 15h00Por Extra

O contraventor Fernando Iggnácio Miranda foi morto a tiros de fuzil, no início desta tarde, num heliporto no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. O genro de Castor de Andrade foi vítima de uma emboscada após chegar de Angra dos Reis, de helicóptero. 

O atirador estaria posicionado em cima de um muro à espera do contraventor. Os disparos atingiram Iggnácio quando ele passava próximo a uma churrasqueira. No começo da tarde, o corpo do contraventor ainda se encontrava na Heli-Rio, empresa de fretamento de helicópteros no Recreio. Policiais da Delegacia Homicidios da Capital realizam uma perícia no local. Eles não deram informações sobre o caso. Os advogados de Fernando Iggnacio também estão no heliporto. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Festa do Corinthians no pódio após a conquista do Brasileiro Feminino
Covid 19
Brasil soma 243 mortes por Covid e 8.668 novos casos em 24 horas
Total de infectados desde o início da pandemia é de 21,3 milhões, enquanto óbitos chegam a 594.443
Economia
Microempreendedores têm menos de uma semana para regularizar dívidas
Brasíl e Mundo
Austrália: pacto de Aukus não levará à proliferação nuclear
Tempo
Última semana de setembro terá pancadas de chuva com destaque para calor e tempo seco
Campo Grande
Croquete de mandioca com carne: petisco saboroso e prático
Politicos
Vai vendo Brasil!
Religiosos
Padre é preso por desviar dinheiro da igreja para orgias gays e drogas
Brasil e Mundo
Covid-19: Brasil registra 19,4 mil casos e 699 mortes em 24h
Justiça
STF decide se os estados devem pagar hospitais pela tabela SUS