Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Feminicídio

Estudante assassinada pelo namorado morreu por asfixia

11 abril 2018 - 11h15Por Redação Notícias VIP
Dados fornecidos pelo Instituto Médico Legal (IML) à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense revelam que a estudante Patrícia Mitie Koike, de 22 anos, foi morta por asfixia. A informação foi inicialmente publicada pelo jornal Extra.

Patrícia foi assassinada no domingo (8) pelo namorado, o estudante de medicina Altamiro Lopes dos Santos Neto, de 21 anos, que confessou o crime. Antes de enforcar a vítima, Altamiro ainda espancou-a.

Nesta quarta-feira (11), o irmão de Patrícia, que vive no Japão, falou ao G1 sobre brigas constantes vividas pelo casal. "Desde a época que [ela] morava junto com a gente, eles tinham brigas exageradas por Skype, só não sabemos se acontecia algo quando ela ia na casa dele em Porto Feliz. Nosso contato com ela era mais por mensagem", o rapaz contou.

Patrícia era de Sorocaba e Altamiro de Porto Feliz, cidades do interior paulista. O casal passou a viver junto depois de ele se mudar para Nova Iguaçu (RJ), local do crime, para cursar universidade. Patrícia fazia cursinho e pretendia iniciar carreira de enfermeira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa