Menu
Busca Dom, 07 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
Crime

Ex-candidato a prefeito de Ponta Porã é executado com 190 tiros de fuzil

17 janeiro 2019 - 09h51

Grupo armado invade residência e assassina político conhecido de Ponta Porã com mais de 190 disparos de fuzil. Francisco Chimenes, Vulgo Chico Gimenes, foi executado por aproximadamente 16 pistoleiros fortemente equipados com armas de guerra na madrugada desta quinta-feira (17).

Segundo Porã News, por volta das 3h, os criminosos chegaram dentro de quatro veículos, fecharam as entradas da rua enquanto dois invadiram a residência, situada na rua Calógeras. Os pistoleiros fugiram após o violento ataque a bordo dos quatro veículos que foram queimados na região do distrito de Sanga Puitã, a uns 15 kilometros da cidade de Ponta Porã.

Ainda conforme o site, Gimenes respondia prisão domiciliar, após ser preso pela Polícia Federal de Ponta Porã durante uma suposta reunião de uma facção criminosa em sua residência, onde ele e mais 11 pessoas foram presos no dia 7 de dezembro do ano passado e colocado em liberdade em razão da idade e de doença.

Segundo a polícia, os autores do crime pensam em acabar com a estrutura do narcotraficante Jarvis Chimenes Pavão, atualmente preso numa penitenciária federal do Brasil após ser extraditado do Paraguai. Jarvis é sobrinho da vítima fatal.

O caso será estudado mais profundamente por agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Policia Civil.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Família deixa ração para cães, mas abandona idosa trancada e só com arroz azedo
Justiça
Após denúncia de suposto pagamento de propina a desembargadores, juíza encaminha autos envolvendo padre Robson para o STJ
Brasil e Mundo
Ministério decreta situação de emergência ambiental prévia
Meio Ambiente
FundturMS faz visita técnica à Estrada Parque de Piraputanga e identifica potencialidades da região
Meio Ambiente
Temporada de pesca começa com alto índice de conscientização ambiental
Interior
Ribas do Rio Pardo receberá Seção Comunitária de Bombeiros
Mato Grosso do Sul
Já faltam leitos nos hospitais da macrorregião de Campo Grande
Campo Grande
Hemosul de Campo Grande abre o dia todo neste sábado; unidade precisa de sangue O- e O+
Interior
Agesul interdita parcialmente ponte na MS-243, no Nabileque
Mortes por Coronavirus no Brasil
Brasil virou referência de bagunça de politicos, vírus, infeção, falta de estrutura e mortes.