Menu
Busca Seg, 27 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
feminicídio

Ex-marido mata a facadas mulher na frente da filha de 3 anos

11 abril 2018 - 10h50Por Redação Notícias VIP
Mais uma mulher foi vítima de feminicídio em Mato Grosso do Sul. Marta de Jesus Cavalheiro, 36 anos, foi assassinada a facadas na noite desta terça-feira (10), na cidade de Maracaju, a 162 quilômetros de Campo Grande. O suspeito do crime é o ex-marido, de 47 anos.

As informações iniciais são de que o ex de Marta teria buscado a filha de 3 anos do casal na noite desta terça-feira (10) para passear e comprar presentes, e retornou por volta de 23 horas para deixar a criança. Neste momento, armado com uma faca, desferiu um golpe contra Marta, que segurava a menina nos braços.

Ela conseguiu colocar a filha no chão e tentou correr para fugir, mas foi golpeada novamente no abdômen.

Marta ainda tentou entrar na residência para fugir e foi novamente ferida a facadas nas costas. A criança assistiu a mãe ser morta. Testemunhas acionaram o Corpo de Bombeiros, mas quando os militares chegaram ela já estava sem vida.

A polícia saiu a procura do ex-marido da vítima, mas até o momento ele não foi localizado.

10 casos desde janeiro

Dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) são de desde janeiro até abril deste ano já foram registrados 10 feminicídios. No mesmo período do ano passado foram registrados 7 casos de feminicídios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Contas externas têm déficit de US$ 50,7 bilhões em 2019
Esse é o pior resultado em quatro anos, de acordo com o Banco Central
Campo Grande
Jovens são esfaqueados em festa
Internacional
Três granadas-foguete atingem embaixada dos EUA no Iraque
Campo Grande
Buracos, lixo e mato na capital dos Trad
Tributos
Dificuldade para aprovar reforma tributária
Economia
Redução do preço da energia solar tem sido vertiginosa, diz EPE
Brasil
Deportado do Paraguai, o líder de contrabando de cigarros
Economia
Pequenos negócios tem até o dia 31 para aderir ao Simples Nacional
Campo Grande
"Trad é uma decepção, como prefeito", disse moradora da capital
Esporte
Arbitras de futebol foram agredidas por jogadores