Menu
Busca Sex, 27 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
INTERIOR

Fraude em secretarias causou prejuízo de R$ 1 milhão aos cofres públicos

11 abril 2018 - 14h42Por Redação Notícias VIP
A operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) realizada na manhã desta quarta-feira (11) desarticulou uma quadrilha responsável por um prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos de Bela Vista - a 322 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), o grupo fraudava licitações e contratos com a prefeitura para a prestação de serviço público de transporte de Bela Vista. Conforme as investigações, o prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 1 milhão.

Oito pessoas estão presas temporariamente, entre elas servidores públicos, empresários de Caracol e secretários da Prefeitura de Bela Vista. Os nomes não foram divulgados, mas as ações desta manhã se concentraram na Secretaria Municipal de Saúde e na de Educação, chefiadas por Angela Venturini Baggio e Edineia Aparecida Ovelar da Silva, respectivamente.

As buscas foram realizadas em 19 locais em Bela Vista e Caracol - incluindo as casas dos investigados, a Prefeitura de Bela Vista, e as Secretarias de Educação e Saúde - por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e equipes da Promotoria de Justiça de Bela Vista e do Gaeco.

Foram apreendidos ainda espingardas, diversas munições, documentos e dinheiro. A quantia não foi divulgada pela MPE-MS. 

Os mandados judiciais foram expedidos pelo Juiz da Comarca de Bela Vista e a investigação conduzida pelo Promotor de Justiça William Marra Silva Júnior, titular da Promotoria de Justiça de Bela Vista, e pelo GAECO.


violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
PF investiga suspeitos de propaganda de atos para alteração da ordem
Saúde
Fiocruz: aumento de casos e óbitos de covid-19 deve servir de alerta
Brasil
Covid-19: Brasil tem 171 mil mortes e 6,2 milhões de casos acumulados
Política
Senado aprova mudanças na Lei de Falências
Tragédia
Seis vítimas do acidente entre ônibus e caminhão permanecem internadas
Campo Grande
Justiça manda prender ex-vereador envolvido em escândalo sexual em Campo Grande
Pedófilos em cana
PF cumpre mandados de busca contra exploração sexual de crianças
Fronteira
Guerra declarada: tortura e assassinato de quatro homens ligados a Fahd Jamil
Água Clara
GAECO desmonta esquema de fraude a licitações e lavagem de dinheiro
Esporte
Brasileiro: Atlético-MG supera Botafogo e abre vantagem sobre Flamengo