Menu
Busca Ter, 21 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Água Clara

GAECO desmonta esquema de fraude a licitações e lavagem de dinheiro

26 novembro 2020 - 08h00Por Plantão de policia

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em conjunto com a Promotoria de Justiça do Patrimônio Público de Água Clara, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (26), a Operação “Carta Marcada”, com o objetivo de cumprir sete mandados de busca e apreensão e desbaratar a organização criminosa voltada à prática dos crimes de peculato, fraude a licitações e lavagem de dinheiro.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da comarca de Água Clara. No decorrer das investigações, conduzidas pela Promotoria de Justiça de Água Clara, apurou-se que as empresas combinavam os valores apresentados como proposta nos certames da Câmara de Vereadores e da Prefeitura Municipal de Água Clara, manipulando a competitividade inerente ao processo licitatório. Durante os trabalhos de investigação, apurou-se também desvio de verba pública na Câmara Municipal.

O trabalho de investigação acredita que o desvio de dinheiro público teve início com a elaboração de processos licitatórios fraudulentos, na modalidade convite, os quais eram direcionados a empresas predeterminadas. Foram utilizadas várias estratégias para combinação de propostas, que eram apresentadas por todo o Estado do Mato Grosso Sul em licitações para os mais variados serviços de assessoria e consultoria em gestão pública.

A Operação “Carta Marcada” está em andamento, mais informações serão prestadas no decorrer do dia. 

Gaeco

Deixe seu Comentário

Leia Também

ONU
Presidente faz discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas
Abertura do evento é feita tradicionalmente pelo presidente do Brasil
Brasília
Senador quer convocar filho de Bolsonaro após provocação à CPI
Mato Grosso do Sul
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos
Política
Transferência de pagamento de perícias médicas aos segurados do INSS é criticada em debare do Senado Federal.
Política
Deputados cassados por corrupção recebem aposentadoria de até R$ 23,3 mil pela Câmara
Brasíl
Pesquisadora explicou como governo favoreceu a circulação do vírus
Política
Maioria é a favor da regulamentação do lobby, revela DataSenado
PF
CPI recorreu à PF para obter documentos negados pela Precisa e pelo Ministério da Saúde
Brasil
Covid-19: Brasil tem 21,2 milhões de casos e 590,5 mil mortes
Brasília
Dia Mundial do Doador de Medula Óssea muda cores do Congresso Nacional