Menu
Busca Qua, 15 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
detida

Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos

12 abril 2018 - 12h00Por Redação Notícias VIP
Uma mulher foi presa na Flórida, Estados Unidos, sob a acusação de ter feito sexo com um menino de 14 anos em um quarto de hotel. A escocesa Sarah Louise McGill, 28 anos, foi detida no último sábado (7) pela polícia local, depois de receber R$ 1,6 mil de um garoto que encontrou seu contato em um site de prostituição.

De acordo com o Daily Mail , o jovem de 14 anos contratou os serviços de Sophia Belle, que na verdade era McGill.  Um porta-voz da Polícia de Orlando explicou que o menor de idade afirmou ter encontrado o contato da mulher em um site pouco conhecido, e que passaram a trocar mensagens depois de algumas horas.

Site de prostituição e julgamento

As investigações iniciadas na semana passada indicaram que McGill, que trabalha também como uma hipnoterapeuta clínica profissional, e o menino, vítima do caso, tiveram uma longa conversa por mensagens de texto antes de se encontrarem no hotel Marriott, em Orlando.

A vítima contou à polícia que a escocesa havia o encontrado no primeiro andar do local, e que depois de se relacionarem sexualmente, efetuou o pagamento de R$ 1,6 mil e foi para a sua casa.

Os oficiais asseguraram que, durante o inquérito, o menino disse que voltou ao hotel e viu McGill com outro homem em um quarto cheio de bebidas alcoólicas, preservativos e cigarros. Ele admitiu ter vasculhado um cofre que estava no quarto, onde achou mais preservativos e dinheiro.

Tanto o menino de 14 anos quanto Sarah receberam os detetives do Departamento de Polícia de Orlando para prestarem depoimento. Depois do levantamento de dados e análise do conteúdo do site , a mulher foi detida sob as acusações de estupro estatutário ? quando há interação sexual consensual entre um adulto e uma criança maior de 12 e menor de 16 anos, de acordo com a legislação da Flórida. Ela está na cadeia de Orange County desde segunda-feira, e foi proibida de se aproximar do garoto e de interagir online com qualquer pessoa.

Fonte: Último Segundo - iG
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Causa repugnância a irresponsável conversinha desse prefeito sobre medicamento reprovados pela medicina.
Brasíl
Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer
Política
Governo vai enviar PL com penas mais rígidas para violência sexual
Saúde
Covid-19: Brasil chega a 72,8 mil óbitos e 1,88 milhão de casos
Brasília
Defesa aciona PGR contra Gilmar Mendes por ministro ter associado Exército a genocídio
Saúde
Crise do coronavírus pode ficar "pior e pior e pior", alerta OMS Reuters Staff
Brasíl e Mundo
Estudante de veterinária levou uma picada da terrível naja tinha outras cobras exóticas
Brasíl
Mulher de Queiroz se entrega e cumprirá prisão domiciliar com marido no Rio
Educação
Bolsonaro nomeia pastor Milton Ribeiro como ministro da Educação
Esporte
Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras