Menu
Busca Ter, 26 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Fronteira

Guerra declarada: tortura e assassinato de quatro homens ligados a Fahd Jamil

26 novembro 2020 - 11h00Por Plantão de policia

Quatro corpos foram encontrados na manhã desta quinta-feira (25), em área rural de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Eles estavam enterrados em cova rasa e tinham marcas de tortura. As vítimas foram identificadas como Riad Salem, Felipe Bueno, Muriel Correia e Gustavo. Riad e Muriel eram sobrinhos do empresário Fahd Jamil, conhecido como “Rei da Fronteira”.

Todos seriam empregados de Flavinho Jamil Geroges – filho de Fahd. Conforme informações iniciais, os assassinatos podem ter sido cometidos por vingança a uma discussão ocorrida há alguns dias durante uma festa de aniversário entre Flavinho e um mafioso da fronteira. Como não encontraram o filho de Fahd que seria o alvo, os criminosos se vingaram nos parentes e empregados. Três dos mortos foram levados segunda-feira à noite de um cassino, em Pedro Juan Caballero, enquanto o quarto, Felipe Bueno, teria sido arrancado de uma aeronave, em Ponta Porã.

Alguns dos corpos tinham pedaços de metal e sacos de plástico na cabeça, além de marcas de tiros de fuzil. Forças policiais estão se deslocando da Capital para a região de Fronteira, para garantir a segurança da população, caso haja algum tipo de retaliação 

 

pedofilia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Tempo
Terça-feira de tempo claro, calor e pancadas de chuva à tarde
Campo Grande
Casa de Evento na MS-080 reuniu cerca de 15 mil pessoas no sábado no Show de dupla sertaneja
Fronteira
"Gringo Gonzales", considerado um dos mais temidos do mundo do crime, foi preso em PJC.
Fronteira
Pistoleiro que executou policial paraguaio foi preso e transferido para Assunção.
Campo Grande
Festa com aglomeracão é flagrada e organizadores vão parar na polícia.
Oxigênio
Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus
Covid 19 em MS
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
Vacina
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Acidente
Avião cai em TO com jogadores e presidente do Palmas Futebol