Menu
Busca Sáb, 31 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Fama

Juíza determina soltura de Fábio Assunção e dá 48h para pagar fiança

03 maio 2018 - 20h26Por Redação Notícias VIP
A juíza Gabriela Marques da Silva Bertolli determinou na tarde desta quinta-feira (3) a soltura de Fábio Assunção, 46, e elevou o pagamento da fiança de R$ 30 mil para R$ 48 mil. O ator foi indiciado sob suspeita de embriaguez ao volante, e terá a sua habitação de motorista suspensa por um ano. Ele aguardará o processo em liberdade.

A decisão da magistrada aconteceu durante a audiência de custódia realizada no Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo. Durante o julgamento, Assunção se comprometeu a pagar a fiança no valor de 50 salários mínimos -atualmente, o salário mínimo é de R$ 954.

Assunção foi detido após bater seu carro contra outros dois nos Jardins. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi encaminhado para a 78ª DP, na rua Estados Unidos, também nos Jardins.

A Polícia Militar afirmou que Fábio Assunção foi autuado por embriaguez ao volante e deve pagar fiança no valor de R$ 30 mil para responder pelo crime em liberdade. De acordo com o advogado do ator, Theodoro Balducci, Assunção não dispõe dessa quantia. "Ele tinha se proposto a conseguir os R$ 30 mil, mas o delegado não quis esperar. Agora estamos indo para a audiência de custódia. Esperamos reverter essa situação de prisão", disse  Balducci.

Acompanhado por seu advogado, Assunção deixou a delegacia por volta das 13h30 em direção ao fórum. As audiências de custódia permitem ao juiz a possibilidade de, frente a frente com a pessoa presa, analisar de forma mais cautelosa as circunstâncias da prisão.

Balducci afirmou que o exame toxicológico ainda não teve resultado, mas ele sustenta o argumento de que o ator não estava bêbado. Durante a parte da manhã, Assunção deixou a delegacia por volta das 8h40 e levado para o IML Central (Instituto Médico Legal), onde foi submetido a exame de corpo de delito. Ele retornou ao 78° DP por volta das 9h40.

De acordo com reportagem do UOL, ao retornar do exame o ator afirmou que havia ido a uma farmácia e a situação era lamentável. "Fui na farmácia e bati no carro da frente, foi só isso. Estou sendo levado de um lado para o outro. Não faço a menor ideia". [...] "Lamentável! Gente, preciso realizar o que está acontecendo, porque realmente é lamentável isso." 

A PM informou que o ator apresentava sinais visíveis de embriaguez, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro no local do acidente.

A Globo afirmou que a prisão de Fábio Assunção não afetará as gravações de "Onde Nascem os Fortes".

OUTRAS DETENÇÕES

Em junho de 2017, Fábio Assunção foi preso em flagrante na cidade de Arcoverde (sertão de Pernambuco), sob acusação de dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência a prisão.

Em nota oficial, a polícia informou que o ator teria se envolvido em uma briga no Pátio de Eventos da cidade e ficado agressivo. No caminho, os policiais foram informados que Fábio estava ameaçando duas jovens.

Ao tentar ser conduzido para a delegacia, novamente o ator ficou agressivo e se negou a entrar na viatura, sendo necessário o uso de algemas. Quando os policiais o colocaram na viatura, ele quebrou o vidro traseiro do carro.

Em um dos vídeos que circulou na internet, ele apareceu no chão, sendo ofendido por moradores, que o acusaram de "acabar com o São João" da cidade. Em outro vídeo, Assunção aparece pedindo para "chamar o sargento" porque quer "olhar no olho dele". 

Com informações da Folhapress. 
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Turquia busca sobreviventes após terremoto deixar 25 mortos no país
Brasil
Caixa libera hoje saque do FGTS para nascidos em setembro e outubro
Brasil
Feriado do dia 2 aumenta em 40% movimentação nos aeroportos
Geral
INSS inicia pagamento de diferenças do auxílio Segundo o órgão, 497 mil segurados estão aptos a receber os valores
Saúde
Brasil registra 508 novas mortes por Covid-19 e total de óbitos vai a 159.477
Brasil
Contas públicas têm déficit de R$ 64,5 bilhões em setembro, diz BC
Judiciário
Justiça do RJ condena desembargadora a pagar indenização por calúnia contra Marielle
Brasil e Mundo
Congresso da Bolívia aprova recomendação de processo contra presidente Jeanine Ánez
Brasil
Mourão aposta que governo comprará vacina chinesa: “Lógico que vai”
Internacional
Milhares de muçulmanos protestam contra comentários de Macron