Menu
Busca Sáb, 04 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Rachadinha

Justiça nega pedido de prisão domiciliar a Fabrício Queiroz

20 junho 2020 - 08h25Por Renata firobella

Na madrugada deste sábado (20) a desembargadora Suimei Cavaleiri, da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou o pedido de substituição de prisão preventiva por domiciliar, feito pelo advogado Paulo Catta Preta ao ex- assessor do senador Flávio Bolsonaro ( Republicanos- RJ), Fabrício Queiroz.Como o processo está sob segredo de Justiça, a íntegra da decisão não foi divulgada. Ainda sem data definida, o mérito do habeas corpus será julgado pelo colegiado da 3ª Câmara Criminal.

Prisão

Na última quinta-feira (18), Queiroz, investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio e por lavagem de dinheiro, foi preso em Atibaia, no interior de São Paulo. A casa onde ele estava pertence a Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. 

Segundo informações dadas pelo caseiro da propriedade à polícia, Queiroz estava no local havia mais de um ano.

No mesmo dia o ex-assessor foi transferido para o Rio de Janeiro, onde está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, conhecido como Bangu 8. Por causa da pandemia de Covid-19, Queiroz ficará isolado por 14 dias, em uma cela de 6m2, com chuveiro, sanitário e pia.

Edição: Aécio Amado - EBC-Agencia Brasil

 

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Apesar de muito dinheiro recebido para combater a pandemia do Covid 19, a capital se tornou o epicentro do novo Coronavirus
Coronavirus
Brasil registra quase 38 mil novos casos de Covid-19; total de mortes passa de 64.000
Paraguai
Um policial matou toda família, inclusive crianças e se suicidou
Dourados
Secretário Municipal da Agricultura familiar é assassinado a facadas.
Campo Grande
Em cidade onde prefeito não é respeitado, rola rola baile funk com muitas pessoas com as purpurinas e partes tradicionais
Esporte
Incerteza sobre futuro em meio à pandemia afeta categorias de base
Coronavirus
Jornalista que zombava da Covid 19 e chamava de maricas os que tinham preocupação, morre do novo Coronavirus.
Brasíl e Mundo
Casos globais de coronavírus ultrapassam 11 milhões
Campo Grande
Jovem desaparecida, foi localizada morta em frente a um comércio, sob um cobertor e próximo de sua casa.
Campo Grande
Lixo e animais peçonhentos na cidade do Trad