Menu
Busca Ter, 20 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
Policia

Mãe tranca menina no guarda-roupas para proteger padrasto suspeito de estupro

Homem responde por estupro de vulnerável e por descumprir medidas protetivas

15 agosto 2019 - 10h00

Homem de 39 anos foi preso nesta quarta-feira por suspeita de estupro de vulnerável e por descumprir medidas protetivas que o impediam de se aproximar da vítima, sua enteada de 12 anos. O caso aconteceu em Iguatemi, 466 quilômetros de Campo Grande, e a mãe da garota chegou a escondê-la no guarda-roupas para tentar evitar a prisão do marido.

Segundo nota divulgada pela Polícia Civil, durante festas de natal, o homem foi flagrado por parentes beijando a enteada, que à época era pré-adolescente. Apesar da revolta de todos, a mãe se recusou a procurar a polícia e registrar ocorrência contra o marido.

Contudo, inconformada, uma terceira pessoa que sabia do caso, procurou a (DAM) Delegacia de Atendimento à Mulher em Naviraí e denunciou o homem. Após realizar investigações, ouvir testemunhas e a vítima, a Polícia Civil indiciou o suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, bem como, representou por medidas protetivas de urgência, para que o acusado não se aproximasse da menina.

No final de julho deste ano, a Polícia Civil de Iguatemi recebeu uma carta precatória para ouvir uma testemunha do caso, que compareceu à delegacia e afirmou que apesar da decisão judicial, o acusado continuava residindo na mesma casa que a adolescente.

De imediato a polícia foi à residência, localizada em uma região de sítios e chácaras do município, onde constatou que a menor, o padrasto e a mãe continuavam morando juntos, caracterizando o descumprimento da ordem judicial.

Ao perceber a presença da polícia, a mãe da vítima, de 40 anos, escondeu a adolescente dentro de um guarda-roupas e disse que a filha não morava mais na casa, pois estaria com a avó. Os policiais realizaram buscas no local e encontraram a menor dentro do móvel, em prantos.

O homem foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil em Iguatemi, onde foi autuado em flagrante por descumprir decisão judicial. Já a vítima foi encaminhada ao Conselho Tutelar.

Com informações, Midiamax.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo
Frente fria avança em MS e Inmet faz alerta sobre queda brusca de temperatura
Economia
Dólar volta a subir e fecha no maior valor em três meses
Meio Ambiente
Bruxelas plantará uma árvore para cada recém-nascido
Luta pela democracia
Brasileira que participou de protestos em Hong Kong diz que ameaça chinesa não vai parar manifestantes
Fênomeno raro
FUMAÇA DE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA ESCURECE CIDADES DO CENTRO-OESTE E SUDESTE
Além de política, até no entretenimento
Conflitos em Hong Kong chegam ao cinema com Jackie Chan e Mulan
Fora de sí
Jovem atropela padrasto, sobe no telhado e ameaça se matar
Covardia
Três moradores de rua são atropelados no centro de SP
Política
Parecer revela o que mais inquieta Moro na Lei do Abuso
Cultura
Enfermeira de MS premia com ensaio fotográfico gestantes que não faltam nas consultas: 'Ficam felizes demais'