Menu
Busca Qua, 16 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Fronteira sangrenta

Mais um crime de pistolagem, desta vez um comerciante

Não há segurança pública eficiente no MS

20 junho 2019 - 09h15Por Plantão de notícias

Um comerciante, de 67 anos, foi executado no início da tarde desta quarta-feira (19) dentro de uma oficina em Ponta Porã, região de fronteira com o Paraguai. De acordo com a polícia, ele foi atingido por tiros de pistola e 23 capsulas foram encontradas no local.

As investigações apontam que três homens chegaram em uma caminhonete, dois desceram e efetuaram os disparos. A vítima estava sentada aguardando o concerto do carro. O homem é dono de um posto de combustíveis em Pedro Juan Caballero, onde foi registrado um sequestro na terça-feira (18).

 

Também na terça-feira, um jovem de 24 anos foi executado a tiros em Ponta Porã. Conforme o boletim de ocorrência, uma testemunha presenciou parte do crime e entrou em contato com a polícia, ressaltando que viu o momento em que "dois homens jogaram um corpo".

Número de homicídios aumentou

Levantamento do G1 mostra que em 2019 foram registrados 32 assassinatos na região de fronteira com o Paraguai, a maioria em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, 2 a mais que em 2018, quando foram executadas 30 pessoas. O mês de junho chama atenção, por ser o mais violento do ano com 15 execuções até a publicação desta reportagem.

A divisão de homicídios da Polícia Nacional diz que 90% das mortes estão relacionadas com o tráfico de drogas.

A avaliação é parecida com a da Polícia Civil, que vê uma intensificação das facções que agem na região. "Cada vez mais se observa uma luta por poder e espaço, os grupos que brigam pelo controle do tráfico aumentaram na região e estão mais diversificados", disse Clemir Vieira Junior, delegado regional Polícia Civil de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

18 toneladas
Polícia incinera em MS 18,3 toneladas de drogas apreendidas na região de fronteira em dois meses
Policia
Jovem cai em golpe pelo WhatsApp e deposita dinheiro para estelionatário em MS
Justiça
Acusado de matar ex-sogra em MS é considerado inimputável e irá para internação
Política
"Eu quero provar que Moro é o bandido, não eu", diz Lula à RTP
Famosos
16 de outubro : aniversário de 90 anos de Fernanda MontenegroConfira alguns momentos marcantes deste dia!
Frota sugere Pabllo Vittar para ministério: ‘No lugar da Damares, faria melhor’
Fortaleza
Governo do Ceará não confirma morte em prédio que desabou
Polícia
Chamaram -no de covarde que corumbaense era covardeCorumbaense
Exame para identificar vírus Zika é comercializado no país
Tragédia
Mortos por tufão no Japão chegam a 69. Dez seguem desaparecidos