Menu
Busca Sáb, 08 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Política

Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona

André Mendonça tem prerrogativa da instauração de inquérito

09 julho 2020 - 08h43Por Redação/agência Brasil
 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, informou hoje (7) que vai solicitar à Polícia Federal (PF) abertura de investigação com base na Lei de Segurança Nacional para apurar a publicação do artigo Por que torço para que Bolsonaro morra

Pelo Twitter, Mendonça disse que as liberdades de expressão e de imprensa são direitos fundamentais, mas “tais direitos são limitados pela lei” e não são absolutos. 

“Diante disso, quem defende a democracia deve repudiar o artigo Por que torço para que Bolsonaro morra. Assim, com base nos artigos 31, IV; e 26 da Lei de Segurança Nacional, será requisitada a abertura de inquérito à Polícia Federal.”

Ministro das Comunicações 

Ainda em referência ao artigo, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, divulgou nota na noite de hoje em que defende que a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa andem “sempre juntas”.

“O artigo é um ataque claro à instituição da presidência da República e merece todo o repúdio dos jornalistas e de todos os poderes para que possamos caminhar para um armistício patriótico. A pacificação deve vir por todos os lados.”

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl e Mundo
STF manda soltar o poderoso
Brasíl
Covid 19 está matando no Brasil e no mundo
Brasíl
PGR recorre de decisão que impediu acesso a dados da Lava Jato
Meio Ambiente
Mourão defende avanços nos sistemas de monitoramento da Amazônia Para ele, também é preciso tratar do problema fundiário da região
Esporte
Vai Mercedes
Meio Ambiente
Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos
Brasíl
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual Medida, em caráter emergencial, terá validade de dois anos
Bandido
Pistoleiro pede mais dinheiro para vítima e deixá-la em paz.
Campo Grande
Ameaça de demissão em massa do Transporte Público da capital
Brasíl e Mundo
OMS: recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina