Menu
Busca Sáb, 04 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
Ceará

Motim da polícia militar tem efeitos danosos para população

21 fevereiro 2020 - 19h00Por Plantão de policia
 

Após assumir parte do patrulhamento das ruas de Fortaleza e da região metropolitana, devido à crise na segurança pública enfrentada pelo estado do Ceará, o Exército admitiu a gravidade da situação e afirmou que tem como missão "estabelecer ambiente estável e seguro".

A tropa com 2500 homens deve permanecer no estado entre os dias 20 e 28 de fevereiro. Reforços serão enviados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte ainda hoje.

 

Esse esforço tem por finalidade a preservação da ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio, contribuindo para o restabelecimento das condições de normalidade no Estado do Ceará, com foco no município de Fortaleza", diz trecho do comunicado. "A missão inclui estabelecer um ambiente estável e seguro, por meio de operações de Garantia da Lei e da Ordem, compreendendo atividades de patrulhamento ostensivo, com revista de veículos e pessoas, utilizando as medidas necessárias para a operação", completa. O Ceará vive mais uma crise na segurança pública após policiais e bombeiros militares se amotinarem em pelo menos dois quartéis, rejeitando a proposta do governo estadual.

Nesta sexta-feira, homens encapuzados fecharam a base na Ciopaer (Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas) e o BPRaio (Batalhão de Ronda e Ações Intensivas e Ostensivas) em Sobral (270 km de Fortaleza), cidade onde o senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado. Violência no CE cresce De acordo com dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, o estado vive o período mais violento deste ano: as 29 mortes registradas entre as 6h de quarta-feira (19) e as 6h de quinta extrapolam a média de 6 assassinatos por dia registradas no Estado de 1º de janeiro até 18 de fevereiro. Na madrugada de hoje, pelo menos mais duas pessoas foram assassinadas, incluindo um adolescente de 16 anos.

PM é identificado como autor de incêndio em carro de uma mulher que criticou o movimento grevista dos policiais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Trad faliu comerciantes da capital
Campo Grande
Prefeito da Capital faz suposta pré-campanha eleitoral e improbidade administrativa ao distribuir cestas basicas.
Brasil e Mundo
Covid-19: Tóquio registra mais de 100 casos em um único dia
São Paulo
Óbitos em São Paulo pelo novo coronavírus triplicaram em uma semana
Coronavirus
Benefício de R$ 600 a informais começará a ser pago semana que vem
Corrupção no judiciário
Desembargador é denunciado por venda de decisão
Política
Maia quer votar orçamento paralelo em dois turnos na próxima semana
Campo Grande
Marcos Trad fecha unidade de Saúde e deixa 6 mil sem atendimento.
Campo Grande
Ruas esburacadas e sem iluminação pública, desanima moradores da Capital.
Campo Grande
Sujeira nos bairros de Campo Grande