Menu
Busca Ter, 17 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Polícia

Mulher nordestina cortou o saco e deixou os dois ovos para amante cozinhar e comer

17 agosto 2019 - 17h17

Após descobrir uma traição, uma mulher matou o companheiro a facadas na noite desta quinta-feira em Areial (PB). O crime que, segundo o delegado Kelsen Vasconcelos, foi premeditado, impressionou os moradores da pequena cidade de 6 mil habitantes, principalmente porque Marivânia Gabriel dos Santos cortou os órgãos sexuais de Luiz de Almeida, colocou-os dentro de um copo e arremessou seu conteúdo na frente da casa de uma das três amantes da vítima, que morava perto da residência do casal.

Em seguida, a autora tentou suicídio, mas foi socorrida pelo serviço de emergência e levada a um hospital da região, onde permanece internada sob custódia policial. Quando receber alta, ela deverá ser autuada por homicídio qualificado, informou o delegado. A paciente não corre risco de morte, segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil da Paraíba.

De acordo com Vasconcelos, os dois filhos de Marivânia estavam em casa no momento do crime: uma menina de 11 meses e um menino de 9 anos. Ambos estavam dormindo. O menino, contudo, acordou com os gritos e ao levantar já encontrou o padrasto morto em outro cômodo da casa. Durante a briga, houve luta corporal e a mulher jogou ácido no corpo de Luiz, queimando sua pele. Ele foi mutilado, contudo, após ser morto.

O delegado explicou que o crime foi premeditado pois a autora deixou uma carta de despedida, se desculpando pelo que faria e pedindo ao filho mais velho, que é maior de idade, para deixar as crianças com a irmã dela. Inicialmente, as crianças foram levadas para a casa da idosa onde Marivânia trabalhava como cuidadora e, depois, para a casa da bisavó. Vasconcelos disse ainda que elas deverão por fim morar com o irmão mais velho e a tia deles.

— A autora alugou uma casa em frente à residência de uma das amantes, que seria o pivô de tudo. A Marivânia descobriu a traição e se descompensou. Mas ele tinha outras três mulheres, sendo que uma delas está grávida — afirmou Vasconcelos.

O caso será encaminhado à Delegacia Seccional de Esperança, uma cidade próxima, e as investigações serão feitas pelo Núcleo de Homicídios. Depoimentos de policiais militares, parentes e testemunhas deverão ser colhidos na próxima segunda-feira.

 

Vai Paraiba

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fenômeno raro
Lua vista de MS fica vermelha por conta de incêndios e poeira, diz especialista em meteorologia
Pediu a mão
Luan Santana faz surpresa e pede namorada em casamento durante voo de balão
Polêmica carioca
Alerj aprova lei que exige prova no Detran para usuários de patinetes elétricos
Pensando no próximo
Dono de ferro velho recupera cadeiras de rodas enferrujadas e doa para deficientes carentes
Cemitério de fetos foi descoberto
Mais de 2 mil fetos humanos são encontrados em casa de médico que fazia abortos nos EUA
Operação
Operação prende vereadores e secretários em Araguapaz
Capital
Rapaz que agrediu outro em Campo Grande por ter urinado no carro dele vai a júri popular nesta terça-feira
Campo Grande
Vereadores proíbem fotos e vídeos nas unidades de saúde em CG
Polêmica
"Temer cometeu novo ato de sincericídio no Roda Viva", diz Dilma Rousseff
Covardia
Idosa é esquecida e fica trancada em posto de saúde em Minas Gerais