Menu
Busca Dom, 20 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
Luz da Infância II

Operação de combate à pornografia infantil prende homem de 32 anos na Capital

17 maio 2018 - 11h19Por Redação Notícias VIP
A Operação Luz da Infância II realizada na manhã desta quinta-feira (17) já prendeu quatro pessoas em flagrante no Mato Grosso do Sul em menos de uma hora de ação. Um homem de 32 anos está entre os presos. 

O suspeito chegou a delegacia em uma viatura da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), escoltado por policiais do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros). Segundo informações preliminares, foi preso em casa, no Bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande.

As ações acontecem que quatro cidades de Mato Grosso do Sul, cumprem nove mandados de busca e apreensão e já resultaram na prisão de cinco pessoas.

Nas primeiras horas desta quinta-feira (17), um engenheiro de 27 anos foi preso em flagrante no bairro Coophavila 2, na região sul da cidade. Equipamento eletrônicos foram apreendidos no local do flagrante e levados a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Na Capital, equipes da Polícia Civil se dividiram em cinco endereços para cumprir mandados de busca e apreensão. Conforme informações preliminares, um policial civil é um dos alvos da operação, e por conta disso, equipes da Corregedoria participam das buscas.

Segundo o delegado Marília de Brito, que coordena a operação em MS, são cumpridos cinco mandados na Capital e quatro no interior do Estado. Além dos dois flagrantes na Capital, foram detidos três suspeitos no interior, um em cada cidade onde as ações acontecem: Dourados, Glória de Dourados e Naviraí.

Operação - Denominada Luz da Infância 2, a ação é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública. De acordo com informações do G1 do Rio de Janeiro, cerca de 2,6 mil policiais civis participam da ação. Segundo a imprensa nacional, a operação já somam mais de 100 prisões.

As equipes estão atrás de recolher materiais e arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Quem for pego com posse dessas mídias é preso em flagrante.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

Com informações do Campo Grande News
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados