Menu
Busca Qua, 22 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Polícia

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

A ação cumpre 24 mandados judiciais no âmbito da Operação Monturo

28 maio 2020 - 08h55Por Plantão de Notícias

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (28) 24 mandados judiciais de busca e apreensão no âmbito da Operação “Monturo”, que investiga desvio de verbas públicas de limpeza urbana da Prefeitura de Uberaba (MG). A ação conta com um efetivo de 96 policiais federais. Os mandados expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Uberaba e estão sendo cumpridos em Uberaba e nas cidades paulistas de Mauá e São Sebastião.

Investigação

Iniciadas em 2018, as investigações identificaram indícios de relacionamento suspeito entre servidores da prefeitura e empresas subcontratadas pelas empresas executoras do serviço de limpeza urbana no município. Surgiram, ainda, evidências de superfaturamento, fraude a licitação, falsidade ideológica e recebimento de vantagens indevidas pelos servidores municipais.

Edição: Valéria Aguiar

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.
CPI no Senado Federal
A diferença de pensamento entre os Ministros do STF, Carmen, Nunes Marques e Rosa Weber.
Ministros divergem sobre obrigação de convocados à CPI da Covid