Menu
Busca Sex, 10 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Policia

Polícia do Rio prende suspeito de usar gás para lavar dinheiro

16 outubro 2019 - 11h30Por MS URGENTE

Policiais civis prenderam ontem a noite  um suspeito de lavar R$ 1 milhão, dinheiro obtido com a venda de drogas ilegais no Rio de Janeiro, através de empreendimentos como a comercialização de gás de botijão. Os policiais cumprem ainda oito mandados de busca e apreensão em endereços ligados a parentes do suspeito.

 
De acordo com a Polícia Civil, o preso, Fábio Pinto dos Santos, conhecido como Fabinho São João, é apontado como um dos chefes da quadrilha que controla a venda de drogas no Morro São João, localizado no Engenho Novo, e em Manguinhos, ambas comunidades da zona norte do Rio.

 
Contra ele, havia três mandados de prisão por crimes como homicídio e associação para o tráfico de drogas.  O dinheiro obtido com a venda de drogas era lavado, segundo a Polícia Civil, através de empresas pertencentes a parentes de Fábio, entre elas, uma distribuidora de gás que atua em Manguinhos e no bairro vizinho do Jacaré. Algo em torno de R$ 1 milhão teria sido lavado em 17 meses.
 

Preso em 2009 e condenado por tráfico de drogas, Fabinho São João foi transferido para o presídio federal de Campo Grande (MS). Ele saiu da prisão em setembro 2016, com sentença cumprida. Depois de solto, Fábio voltou a ser alvo de investigações policiais, sob a suspeita de promover invasões no Morro dos Macacos, em Vila Isabel. Segundo informações, MS URGENTE.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 10 de julho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
Campo Grande
Trad remaneja 70 milhões de reais com conivência dos vereadores
Saúde
ESPECIAL-Bolsonaro aposta em "cura milagrosa" para salvar o Brasil, e própria vida, da Covid-19
Política
Maia diz que é grave Bolsonaro tratar de hidroxicloroquina e que políticos não devem recomendar remédios
Política
Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona
Polícia
Força tarefa da federal cumpre ordens judiciais contra executivos das lojas Ricardo
Brasíl
Bolsonaro veta obrigação do governo em oferecer água, produtos de higiene e leitos a indígenas
Saúde
Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus
Saúde
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Políciais Federais
Justiça nomeia peritos para conferir serviços de hospitais de campanha