Menu
Busca Sex, 26 de abril de 2019
(67) 9.9928-2002
GRANDE RIO

Polícia prende suspeito de participar de chacina de cinco jovens

09 abril 2018 - 09h41
Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo prenderam hoje (9) três homens suspeitos de participar de um grupo de milicianos que atua em Maricá, no Grande Rio. Entre eles, figura João Paulo Firmino, suspeito de atirar e matar cinco jovens no município, em 25 de março.

Os cinco adolescentes foram assassinados na área de convivência de um condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida, em Itaipuaçu. A polícia acredita que eles tenham sido mortos por integrantes do grupo miliciano que atua na região e do qual os três presos hoje são suspeitos de fazer parte.

Os cinco mortos - Sávio Oliveira, Mateus Bittencourt, Matheus Baraúna, Marco Jhonathan e Patrick da Silva - tinham entre 16 e 20 anos, participavam de um projeto social ligado à cultura do rap e davam aulas para crianças. Eles voltavam de um show do rapper Projota quando foram executados dentro do condomínio. Com informações da Agência Brasil.
Banner da campanha da dengue

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Repasse da ANS ao SUS atinge recorde de R$ 783 milhões, em 2018
Menininho Bolsonaro, ‘Não se meta’
POLÊMICA
Segundo o GLOBO: Bolsonaro alerta para amputações de pênis no Brasil por falta de água e sabão
CAPITAL
Menina de 5 anos é estuprada pelo marido da avó e pega HPV
INVESTIGAÇÃO
Procon encontra produtos vencidos há quase dois anos em postos de combustível
FAMOSOS
ELIANA ENTREGA QUE SABRINA SATO TIRA MUITO LEITE DURANTE ALMOÇO: "E NÃO MANCHEI A ROUPA"
CASO SUZANO
Imesc entrega laudos dos alunos feridos no ataque à escola de Suzano
4 ANOS APÓS CRIME!
Homem que matou enteada esfaqueada em MS é preso em Goiânia
POLÍTICA
“Brasil não pode ser país do mundo gay, temos famílias”, diz Bolsonaro
FRONTEIRA
Rastros do PCC: celular de agente executado na fronteira será periciado em Assunção