Menu
Busca Sáb, 17 de abril de 2021
(67) 9.9928-2002
Contrabando

Policial militar é condenado a 8 anos de prisão por comércio de armas e munições

05 abril 2018 - 16h21Por Redação Notícias VIP
Polícia militar aposentado de 47 anos foi condenado a 8 anos e três meses de prisão em regime semiaberto pelo comércio ilegal de munições. Na sentença, o juiz Jessé Cruciol Júnior, de Nova Alvorada do Sul, determinou que o acusado não poderá recorrer em liberdade e terá que pagar 120 dias-multa.

Conforme a denúncia, o militar mantinha um depósito onde armazenava e comercializava armas de fogo e munições de uso restrito. Desde março ele e outros suspeitos eram investigados pela corregedoria da Polícia Militar por facilitar a passagem de cargas com produtos de contrabando e descaminho, em Nova Alvorada do Sul.

Em sua defesa, o autor pediu absolvição sob a justificativa de que não existiam provas suficientes contra ele e que que mantinha as armas e munições porque visava seu retorno ao quadro efetivo de policiais militares e porque era praticante de tiro esportivo. Ele negou a venda das armas.

Na sentença, o juiz decidiu que ficou confirmada a culpa do militar, já que ?fica claro, então, que o tipo em questão traz elemento subjetivo específico, consistente na finalidade de auferir algum tipo de lucro, abusando de sua qualidade de policial aposentado para adquirir e revender, sem levantar qualquer suspeita?.

O magistrado afirmou também que não houve a comprovação de que o réu era praticante de modalidade de tiro esportivo ou que possuía autorização para ser colecionador.

?A prática de tiro esportivo demanda prévia autorização de aquisição do armamento e munição junto ao Exército Brasileiro, após intensa burocracia e mediante documentação idônea?, completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Governo simplifica regras para aumento de cobertura de rádios FM
Desemprego
Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
Covid 19 em MS
Após confirmação de 2 variantes em MS, especialista sugere "mais controle"
Estudos apontam que variante P2 veio do Rio de Janeiro, mas é considerada menos letal que a P1, de Manaus
Auxílio emergencial
Auxílio do Estado poderá contemplar quase 20 mil famílias em Dourados
Trânsito
Mudanças no CTB: Nova Lei proíbe o transporte de menores de 10 anos em motocicletas
Motorista
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
Meteorologia
Quarta de tempo parcialmente nublado e pancadas de chuva no centro-sul do Estado
Brasília
Senador diz ter assinaturas para ampliar investigação da CPI da Covid
Geral
Pandemia aumenta em 20% os acidentes domésticos com crianças
Brasil
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea