Menu
Busca Qui, 22 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
POLÍCIA

Policial preso diz que olhava e deletava pornografia infantil

18 maio 2018 - 16h00Por Redação Notícias VIP
Justiça manteve na cadeia o investigador preso durante operação contra pornografia infantil, deflagrada nessa quinta-feira (17), em todo o país. Segundo a delegada Rosely Molina, corregedora geral da Polícia Civil, em Mato Grosso do Sul, o suspeito alegou informalmente que 'recebia do nada, olhava e deletava' o conteúdo.

"Ele conversou de maneira informal e depois prestou depoimento, acompanhado do advogado dele. Vamos inclusive verificar o teor de tudo o que foi dito por ele. O policial vai responder criminalmente e também a um procedimento administrativo", afirmou ao G1 a delegada.

O servidor, que teve a prisão preventiva decretada, já atuou no município de São Gabriel do Oeste. Na capital sul mato-grossense, trabalhou na Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações (Dedfaz) e, por último, na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

Outros dois homens também passaram por audiência e permaneceram presos. Um suspeito pagou fiança de quase R$ 4 mil e foi liberado ontem. O indiciamento dos envolvidos é por armanezanar conteúdo de sexo explícito envolvendo menores, conforme o Estatuto da Criança e o Adolescente (ECA).

"Todos os envolvidos compartilhavam e armazenavam, além de alguns estarem em posse de munições. São flagrantes que ainda estão sendo sedimentados e os colegas do interior também estão trabalhando", explicou na ocasião a delegada Marília de Brito, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca).

Ao todo, 56 policiais estiveram envolvidos na ação em Mato Grosso do Sul, fazendo buscas em Campo Grande, Glória de Dourados e Dourados, na região sul do estado. Um dos primeiros a ser preso foi um homem de 27 anos, que mora no bairro Coophavila e outro no Chácara Cachoeira.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Recusa de Bolsonaro à vacina chinesa repercute no mundo
Política
Kassio Nunes afirma em sabatina que podem ser feitas correções na Lava Jato
Brasil
Operação Índia cumpre mandados no DF e em cinco estados
Saúde
Morre brasileiro voluntário para vacina de Oxford
Pastor hipócrita
Pastor é preso por abuso dentro de ônibus e diz que 'caiu em tentação'
Brasil
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com covid-19
Operação Arla 32
PRF participa de operação de combate a adulteração de combustíveis e Arla 32
Saúde
Não há intenção de compra de vacina chinesa, diz secretário
Política
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Brasilia
Nunes fala de independência de Poderes e ativismo judicial, no Senado