Menu
Busca Qua, 25 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Segov-MS

Sargento da PM preso em operação do Gaeco pede exoneração

21 maio 2018 - 21h25Por Redação Notícias VIP
O sargento da Polícia Militar Ricardo Campos Figueiredo, de 42 anos, pediu exoneração do cargo de confiança que exercia na Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul (Segov-MS). Ele é um dos 21 investigados na Operação Oiketikus, que apura casos de corrupção dentro da PM. Decreto com exoneração dele foi publicado no Diário Oficial na segunda-feira (21).

Figueiredo, que já atuou no Departamento de Operações de Fronteira (DOF), foi promovido duas vezes por "ato de bravura" e era segurança da governadoria. Eles e outros policiais são investigados pela cobrança de propina de contrabandistas para facilitar o trânsito em rodovias estaduais e na distribuição em municípios.

As investigações apontaram que eles também tentavam dificultar a atuação de outras forças de segurança na investigação desse tipo de crime. As rotas que os investigados atuavam tinham ligação com a Bolívia e o Paraguai.

HABEAS CORPUS

Figueiredo foi preso na última quarta-feira (16), durante ação da Operação Oiketikus, deflagrada pela Corregedoria da Polícia Militar e pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

No dia último dia 19 ele recebeu habeas corpus concedido pelo desembargador Paschoal Carmello Leandro.

A decisão foi tomada com base em alguns critérios como "ai ocupação lícita do militar, o fato de ele ter família constituída, endereço fixo e não registrar antecedentes que maculem a sua conduta como cidadão de bem", e por isso mereceria "o direito de ter a sua custódia preventina substituída por medidas cautelares".
racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil passa de 170 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia
Campo Grande
Corpo de chargista é achado esquartejado e queimado; namorada confessou o assassinato
Justiça condena seguranças que açoitaram adolescente em supermercado
Brasilia
Parlamentares aprovam convite a Pazuello para que fale sobre encalhe de testes da Covid-19
Campo Grande
Prefeitura de Campo Grande fecha contrato de R$ 3 milhões para uniformes escolares
Brasíl
Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
Crime Organizado
PF combate, no Rio, furtos de encomendas nos Correios
Internacional
Hong Kong fechará bares e clubes noturnos pela 3ª vez devido a novos casos de Covid-19
China
China anuncia erradicação da extrema pobreza nos últimos condados pobres
Russia
De olho em mercados externos, Rússia diz que sua vacina contra Covid-19 custará menos de U$20