Menu
Busca Qua, 12 de maio de 2021
(67) 9.9928-2002
POLÍCIA

Sejusp confirma ligação entre princípios de motim em 3 presídios de MS e operação contra drones

Por Carol Assis
 A Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) confirmou que os princípios de rebeliões nas unidades prisionais de Três Lagoas, Dois Irmãos do Buriti e Campo Grande em protesto às vistorias realizadas na Penitenciária Estadual de Dourados (PED), na quarta-feira (18), para recolher armas deixadas por drones.

Segundo a Sejusp, alguns internos tentaram impedir o acesso dos policiais para impossibilitar que as vistorias fossem feitas pelos agentes penitenciários. A atitude provocou um princípio de tumulto, sendo controlado pelas forças de segurança conforme os protocolos necessários.

A medida gerou manifestações nos três presídios, mas foram rapidamente controladas pelas direções dos estabelecimentos penais e agentes penitenciários. Ainda de acordo com a Sejusp não foi necessária a intervenção da Polícia Militar em nenhuma das unidades.

Na Penitenciária Máxima da capital sul-mato-grossense, a manifestação resultou danos em algumas celas e os internos foram transferidos para que sejam feitos os reparos. Em Três Lagoas, durante a manifestação, um detento machucou a mão e teve de ser socorrido.
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Covid 19
Dezenas de corpos de possíveis vítimas da covid aparecem na Índia
Campo Grande
Moradores de bairros reclamam de sujeira e insegurança em Campos Grande
Saúde
Após ultrapassar mais de seis mil mortes, MS registra 653 novos casos da Covid-19
Mato Grosso do Sul
Novos secretários da Casa Civil e da Cidadania tomam posse nesta segunda-feira
Campo Grande
Infestação de pragas urbanas alarma moradores de Campo Grande
Vacina
Mato Grosso do Sul recebe novo lote de vacina da Pfizer nesta segunda-feira
F1
Hamilton sobre GP da Espanha de F1: “Aprendi muito sobre Max hoje”
Poluição
Marinha: três navios são suspeitos por manchas de óleo no NE em 2019
Saúde
Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens