Menu
Busca Qua, 03 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
MASSACRE

Suspeito de matar idoso com foice é espancado até a morte na prisão

22 março 2018 - 14h48Por Redação Notícias VIP

Um detento foi morto na cadeia pública de Paranatinga, a 411 km de Cuiabá, na terça-feira (20). Rafael dos Santos foi espancado até a morte por três presos com quem dividia a cela, segundo a Polícia Civil.

Rafael estava preso há 15 dias suspeito de matar um idoso com golpes de foice, na zona rural do município.Ele morreu com traumatismo craniano. 

De acordo com o investigador da Polícia Civil Valter Sérgio Gomes, o detento estava em uma cela com outros cinco homens. 

Ele explicou que, em depoimentos, foi constatado que três dos colegas de cela tiveram participação ativa no crime. Rafael recebeu várias golpes na cabeça e teve traumatismo craniano. 

"Tivemos acesso ao laudo criminal e foi constatado que ele teve traumatismo craniano devido às pancadas", disse. 

Rafael estava preso há 15 dias por suspeita de ter assassinado o idoso, no dia 4 deste mês. 

A motivação do crime está sendo investigada pela Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
Restante da semana terá aumento de nebulosidade e mudanças no tempo
Pandemia
Brasil registra 1.726 mortes pela COVID em 24 horas e volta a bater recorde
País enfrenta o pico da crise causada pelo novo coronavírus, com colapso na saúde em vários estados
Congresso Nacional Brasileiro
Covid-19: Câmara e Senado aprovam projeto para compra de vacinas por estados
Judiciário
Ministro do STJ anuncia aposentadoria durante sessão
Brasíl
STF rejeita denúncia contra parlamentares do PP
Interior
Em breve, população de Amambai poderá contar com a universalização da coleta e o tratamento do esgoto
Novo Coronavirus
Com mais 20 mortes, MS já perdeu 3.350 para a Covid-19
MS
Agepan publica Portaria que institui Termo de Ajustamento de Conduta no transporte rodoviário
Covid 19
MS tem mais de 183 mil casos confirmados e 3,3 mil mortes
Reação contra deputados
"A covardia dos deputados estaduais é bizarra, multar quem tomar ou aplicar a vacina? A vida e saúde é direito constitucional e dever do estado", disse Alcides Bernal (PP).