Menu
Busca Ter, 27 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Estupro

Vendedor de algodão doce é preso por estuprar menina de 5 anos

16 abril 2018 - 09h45Por Redação Notícias VIP
Um vendedor de algodão doce de 47 anos foi preso em flagrante, neste domingo (15), suspeito de estuprar uma criança de 5 anos no meio da rua. Após cometer o crime, o homem teria oferecido o doce para a criança não contar nada a ninguém.O caso aconteceu no Distrito de Anhanduí, em Campo Grande.

Segundo informações da Polícia Civil, a menina brincava em frente à sua casa na tarde de domingo (15) quando o vendedor passou. A criança teria ido até sua mãe, que estava na residência, para pedir dinheiro.

Com o dinheiro, a criança comprou um algodão doce momento em que o autor mandou que ela abrisse as pernas e começou a passar as mãos em seus órgãos genitais. A menina reclamou e o vendedor teria parado e oferecido mais um algodão-doce a ela para que não contasse nada à sua mãe.

A criança entrou correndo em casa e contou o que tinha acontecido. A Polícia Militar foi acionada e o vendedor foi preso em flagrante. O suspeito foi encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Nesta segunda-feira (16), o autor passa por audiência de custódia.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fortaleza-CE
PF realiza operação contra suspeito de fraudar Auxílio Emergencial
Brasil
PF combate grupo criminoso que atuava com garimpo ilegal em Pernambuco
Brasil
Apresentador achado em RR teve braços quebrados e amarrados
Brasil
Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes
Lava Jato
"Tive câncer no estômago", diz João Santana, marqueteiro de Dilma e Lula
Campo Grande
Justiça retira Harfouche da campanha para prefeito de Campo Grande
Polícia
PF prende auditor da Receita que jogou notebooks no lixo em operação contra propinas da Qualicorp e da Rimo
Willians Gonçalves Nogueira foi alvo de buscas da Operação Triuno, assim como os fiscais Roberto Augusto Ribeiro e Eli Guedes da Silva
STF
Tese proposta no STF dificulta contratação de advogados sem licitação, diz OAB
Brasil
CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
Operação Omertà
Ex-guarda municipal é solto, mas com tornozeleira.