Menu
Busca Sáb, 08 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Estupro

Vendedor de algodão doce é preso por estuprar menina de 5 anos

16 abril 2018 - 09h45Por Redação Notícias VIP
Um vendedor de algodão doce de 47 anos foi preso em flagrante, neste domingo (15), suspeito de estuprar uma criança de 5 anos no meio da rua. Após cometer o crime, o homem teria oferecido o doce para a criança não contar nada a ninguém.O caso aconteceu no Distrito de Anhanduí, em Campo Grande.

Segundo informações da Polícia Civil, a menina brincava em frente à sua casa na tarde de domingo (15) quando o vendedor passou. A criança teria ido até sua mãe, que estava na residência, para pedir dinheiro.

Com o dinheiro, a criança comprou um algodão doce momento em que o autor mandou que ela abrisse as pernas e começou a passar as mãos em seus órgãos genitais. A menina reclamou e o vendedor teria parado e oferecido mais um algodão-doce a ela para que não contasse nada à sua mãe.

A criança entrou correndo em casa e contou o que tinha acontecido. A Polícia Militar foi acionada e o vendedor foi preso em flagrante. O suspeito foi encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Nesta segunda-feira (16), o autor passa por audiência de custódia.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Covid 19 está matando no Brasil e no mundo
Brasíl
PGR recorre de decisão que impediu acesso a dados da Lava Jato
Meio Ambiente
Mourão defende avanços nos sistemas de monitoramento da Amazônia Para ele, também é preciso tratar do problema fundiário da região
Esporte
Vai Mercedes
Meio Ambiente
Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos
Brasíl
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual Medida, em caráter emergencial, terá validade de dois anos
Bandido
Pistoleiro pede mais dinheiro para vítima e deixá-la em paz.
Campo Grande
Ameaça de demissão em massa do Transporte Público da capital
Brasíl e Mundo
OMS: recuperação econômica global pode ser mais rápida com vacina
Economia
Guedes diz que anunciará três ou quatro privatizações em até 60 dias