Menu
Busca Seg, 08 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
Política

Após cirurgia, Bolsonaro vai despachar de hospital

Retirada de bolsa de colostomia está marcada para 28 de janeiro

22 janeiro 2019 - 08h00

O presidente Jair Bolsonaro vai despachar do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após a cirurgia de retirada da bolsa de colostomia, marcada para o dia 28 de janeiro. Segundo o porta-voz da presidência, general Otávio Santana do Rêgo Barros, a Presidência da República montará uma estrutura no hospital em São Paulo, onde Bolsonaro será operado. A primeira-dama, Michelle, acompanhará o marido durante todo o período de internação.

Bolsonaro chegará de Davos, onde participa do Fórum Econômico Mundial, nas primeiras horas de sexta-feira (25). No domingo realizará os exames pré-operatórios e se submete à operação no dia seguinte.

Existe ainda a possibilidade de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) serem utilizados por ministros em viagens a São Paulo para despachar com o presidente no hospital. Ainda segundo o porta-voz, a expectativa inicial de permanência do presidente em São Paulo é de dez dias. O período poderá mudar, a depender da evolução da sua recuperação.

Atentado
Bolsonaro usa uma bolsa de colostomia desde que foi esfaqueado  em um ato de campanha, em Juiz de Fora, dia 6 de setembro. A facada atingiu o intestino e Bolsonaro foi submetido a duas cirurgias, uma na Santa Casa de Juiz de Fora e outra no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. 

O presidente passou 22 dias internado e desde então está com a bolsa de colostomia, que funciona como um intestino externo e possibilita a recuperação do intestino grosso e delgado.

Con informações da Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Palmeiras derrota Grêmio e conquista o tetra na Copa do Brasil 2020
Campo Grande
Marquinhos Trad não faz limpeza urbana na capital
Internacional
Fraternidade é maior que fratricídio, diz papa Francisco no Iraque
Brasíl
Governo registra 105 mil denúncias de violência contra a mulher
Tempo
Domingo de tempo claro em grande parte de Mato Grosso do Sul
Direitos Humanos
Programa da ONU ajuda venezuelanas a refazer a vida no Brasil
Campo Grande
Família deixa ração para cães, mas abandona idosa trancada e só com arroz azedo
Justiça
Após denúncia de suposto pagamento de propina a desembargadores, juíza encaminha autos envolvendo padre Robson para o STJ
Brasil e Mundo
Ministério decreta situação de emergência ambiental prévia
Meio Ambiente
FundturMS faz visita técnica à Estrada Parque de Piraputanga e identifica potencialidades da região