Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Política

Bernal confirma simpatia com Reinaldo, mas aliança ainda não está definida

10 abril 2018 - 16h40Por Redação Notícias VIP
A declaração do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sobre aproximação do PSDB com o PP deixou em aberto possibilidade de aliança entre os dois partidos. Presidente regional do PP em Mato Grosso do Sul, Bernal confirmou haver ?simpatia? entre as duas legendas.

O governador falou sobre o assunto em agenda pública, nesta manhã. A saída do ex-diretor do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Gerson Claro, e do ex-BBB Fael Cordeiro do partido tucano para o PP foi classificada por Reinaldo como reflexo da simpatia entre os partidos.

Ao Jornal Midiamax, Bernal afirmou nesta tarde que percorre o Estado ouvindo as opiniões da população e que o partido busca um projeto que dê desenvolvimento a Mato Grosso do Sul.

Há realmente uma demonstração de simpatia com relação ao Reinaldo. Vamos conversar ainda, não tem nada definido, mas a filiação do Gerson e do Fael é demonstração que não estamos fechando porta para ninguém, analisou Bernal.
A previsão do presidente da legenda é que a definição sobre alianças partidárias só ocorra no segundo semestre deste ano, durante as convenções.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa