Menu
Busca Qui, 23 de maio de 2019
(67) 9.9928-2002
POLÍTICA

Bolsonaro compartilha vídeo em que filho critica decisão do STF

16 março 2019 - 13h30

Segundo informações do Uol. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) republicou hoje em suas redes sociais vídeo em que um de seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), critica o STF (Supremo Tribunal Federal).

Na última quinta-feira (14), por seis votos a cinco, o STF decidiu que processos da Operação Lava Jato que envolvem crimes eleitorais, como caixa dois, devem tramitar na Justiça Eleitoral.

A decisão representa uma derrota para procuradores da força-tarefa da Lava Jato no MPF (Ministério Público Federal), que vinham defendendo publicamente que processos desse tipo fossem divididos e os crimes comuns permanecessem na Justiça Federal, onde tramitam a maior parte das investigações da operação.


No vídeo, gravado por Eduardo Bolsonaro ontem, o deputado diz que ouviu reclamações nas ruas sobre a decisão da Suprema Corte. "Hoje durante meu dia, por todos os lugares por que passei, muitas pessoas demonstraram sua insatisfação com a decisão de ontem do STF", diz o deputado. Em seguida, Eduardo defende o pacote anticrime enviado ao Congresso Nacional pelo ministro da Justiça, Sergio Moro.

"Mesmo com a decisão do STF de ontem, fazendo a conexão para a justiça eleitoral, o pacote anticrime enviado pelo ministro Sergio Moro ao Congresso sana isso. Retorna a competência para a justiça comum", diz, pedindo apoio à aprovação do pacote.

A crítica indireta de Bolsonaro ao Supremo acontece no mesmo dia em que o presidente da República deve se encontrar com Dias Toffoli, chefe do Supremo. Está marcado um almoço, às 13h, com os presidentes dos três Poderes na residência oficial da Câmara.

Foram convidados por Rodrigo Maia, além de Bolsonaro e Toffoli, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Entre os assuntos da pauta está a reforma da Previdência e a mudança nas regras na aposentadoria dos militares.

"Cabo e soldado"
Em 2018, em plena campanha eleitoral, Eduardo Bolsonaro, apareceu em vídeo dizendo que, para fechar a mais alta Corte do país, bastaria "um soldado e um cabo".

Depois da má repercussão, o filho de Bolsonaro pediu desculpas se atingiu "alguém". "Eu respondi a uma pergunta esdrúxula, onde Jair Bolsonaro teria sua candidatura impugnada pelo STF sem qualquer fundamento", escreveu à época. "Na sequência citei uma brincadeira que ouvi de alguém na rua."

O próprio Jair Bolsonaro disse que o vídeo do filho foi tirado de contexto. 


O vídeo foi gravado antes do primeiro turno das eleições.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Após desabafo de Maisa, Globo decide liberar Pedro Bial para o SBT
JUSTIÇA
Lutador acusado de matar e postar foto nas redes sociais é preso
No berço da Justiça: filhos de desembargadores são 'estrelas' em operações da PF e Gaeco
POLÍTICA
Deputados Beto, Bia e Vander votaram por tirar Coaf de Sérgio Moro
Alcides Bernal
Conselheiros do TCE querem que Bernal e Ivandro paguem por obrigação da Solurb
CAPITAL
Radares começam a multar em mais cinco pontos da Capital
JUSTIÇA
STF abre exceções para fornecimento pelo SUS de remédio sem registro
MUDANÇA NO TEMPO
Nova frente fria chega, derruba temperatura a 3°C e pode haver geada
FAMÍLIA É FAMÍLIA
Essas duas meninas de 4 anos têm certeza que são gêmeas porque “possuem a mesma alma”
ESPORTES
Palmeiras reserva joga mal, mas arranca vitória no fim contra o Sampaio