Menu
Busca Seg, 18 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Saúde Pública

Bolsonaro libera mais 26, 2 bilhões para combate ao Covid 19

27 abril 2020 - 10h00Por Josildo Cabreiro

O presidente Jair Bolsonaro editou duas medidas provisórias que liberam mais R$ 26,2 bilhões para o enfrentamento da emergência de saúde pública provocada pelo coronavírus. As matérias abrem crédito extraordinário para o Ministério da Cidadania aplicar em ações de segurança alimentar e no pagamento do auxílio emergencial de proteção social.

A MP 956/2020 foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União da sexta-feira (24). O texto libera R$ 25,72 bilhões para reforçar o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 a pessoas em situação de vulnerabilidade.

A maior parte do dinheiro (R$ 23,05 bilhões) vem do superávit financeiro de exercícios anteriores, que integra o caixa único do Tesouro Nacional e é geralmente usado para quitar dívidas. Os outros R$ 2,669 bilhões resultam da arrecadação com a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), um dos tributos que financiam a seguridade social. Os recursos estão direcionados a programas como o Bolsa Família.

A segunda medida provisória (MP 957/2020) foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta segunda-feira (27). O texto abre crédito extraordinário de R$ 500 milhões para o Ministério da Cidadania aplicar em segurança alimentar e nutricional. O dinheiro vem do orçamento da seguridade social.

Rito sumário

Um ato conjunto das Mesas do Senado e da Câmara prevê um rito sumário para a tramitação de medidas provisórias durante a pandemia. As MPs devem ser examinadas diretamente em plenário, sem passar antes por uma comissão mista.

De acordo com o mesmo ato, cada Casa pode dispor sobre procedimentos adicionais para a análise das MPs. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, decidiu que não vai colocar em votação nenhuma das matérias que abrem crédito extraordinário para o combate da covid-19. Segundo Alcolumbre, a execução dessas despesas independe da aprovação de parlamentares.

Desde o início da crise provocada pelo coronavírus, Jair Bolsonaro editou 15 medidas provisórias que abrem crédito extraordinário para o enfrentamento da covid-19. Juntas, as matérias destinam R$ 252,6 bilhões a vários ministérios.

Com informações da Agência Câmara de Notícias

Fonte: Agência Senado

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo federal
Vacinação contra covid-19 começa ainda hoje nos estados, diz Pazuello
Trânsito
DPVAT: Seguro obrigatório não será cobrado em 2021
Covid 19 em MS
Secretário de Saúde do MS anunciou trazer vacinas contra Covid 19
Tempo
Meteorologia prevê semana chuvosa em Mato Grosso do Sul
Vacina
Enfermeira negra é primeira pessoa vacinada contra covid-19 no Brasil
Vacina
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
Campo Grande
Briga de trânsito na V. Aimoré termina com agressão a facão
Covid 19 em MS
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado
Campo Grande
Veja exemplos de jovens que evitam aglomerações para impedir contágio do coronavírus
Polícia
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes